PUBLICIDADE
Economia
NOTÍCIA

White Martins oficializa interesse em hub do hidrogênio verde no Pecém

Mercado europeu deve ser principal destino da exportação dessa fonte renovável de energia

21:24 | 19/04/2021
Empresas brasileiras e estrangeiras têm manifestado interesse em produzir hidrogênio verde no Ceará (Foto: GOVERNO DO ESTADO DO CEARA)
Empresas brasileiras e estrangeiras têm manifestado interesse em produzir hidrogênio verde no Ceará (Foto: GOVERNO DO ESTADO DO CEARA)

Conhecida principalmente pela produção de oxigênio, a empresa fluminense White Martins assinou Memorando de Entendimento com o Complexo Industrial e Portuário do Pecém (CIPP) oficializando seu interesse em participar do projeto ‘HUB de Hidrogênio Verde’.

A iniciativa foi lançada, no mês de fevereiro, fruto de uma parceria entre o Governo do Ceará, a Federação das Indústrias do Ceará (Fiec), a Universidade Federal do Ceará (UFC), além do próprio CIPP e tem atraído o interesse de empresas que desejam atuar na produção dessa fonte de energia renovável, feita por meio da eletrólise da água e tendo o hidrogênio como produto principal. O foco principal do projeto é a exportação para o mercado europeu.


De acordo com o diretor de Hidrogênio e Gás Natural Liquefeito da White Martins, Guilherme Ricci, a parceria dará à empresa “a possibilidade de inovar na produção e no fornecimento de energia limpa com investimentos na cadeia de valor do ‘hidrogênio verde’ (ou H2V), aproveitando a sinergia da planta de gases do ar da White Martins já existente no Complexo Industrial e Portuário do Pecém”.

Por sua vez, a diretora comercial do CIPP, Duna Urivbe, afirmou que a empresa “detém tecnologia e expertise em várias áreas-chave da cadeia de produção, distribuição e aplicação do H2V, sendo assim uma potencial parceira importante para o hub de H2V no Pecém”.