PUBLICIDADE
Economia
NOTÍCIA

Diageo amplia cobertura de fundo de R$ 15 mi para bares e restaurantes cearenses; veja como solicitar auxílio

De acordo com a empresa de bebidas, mais de mil estabelecimentos do Ceara poderão receber de forma gratuita equipamentos de higiene e distanciamento social

Samuel Pimentel
17:59 | 02/03/2021
A Diageo ainda mantém no Ceará programas de responsabilidade social, como o de capacitação para bartenders. (Foto: Divulgação)
A Diageo ainda mantém no Ceará programas de responsabilidade social, como o de capacitação para bartenders. (Foto: Divulgação)

Mais bares e restaurantes do Ceará serão incluídos no Movimento Pró-Bar, iniciativa da Diageo. A líder mundial em bebidas alcoólicas premium e proprietária da marca Ypióca pretende ampliar a cobertura do fundo que conta atualmente com R$ 15 milhões em recursos a serem destinados a mais de mil estabelecimentos do Estado para recebimento de equipamentos de higiene e distanciamento social. Os empreendedores interessados em receber o apoio devem realizar a solicitação no site www.DiageoBarAcademy.com.

LEIA MAIS | Gregorio Gutiérrez - Cachaça: símbolo do Brasil

A cobertura do programa da Diageo abrange cidades como Fortaleza, Aquiraz, Caucaia, Cumbuco, Eusébio, Guararu, Maracanaú e Maranguape, no Ceará, bem como outras cidades que pertencem a Pernambuco, Rio de Janeiro e São Paulo.

De acordo com a dona da Ypióca, as casas contempladas são classificadas em função de seu porte e recebem um total de pontos a serem trocados na plataforma pelos equipamentos que melhor atendem suas necessidades. O fundo pagará por itens como mesas bistrô, jogos de mesas dobráveis, tendas, separadores de fila, termômetros digitais, máscaras, protetores faciais, marcadores de chão, placas informativas de distanciamento social e higiene, totens para álcool em gel, frascos de álcool em gel, tapetes higienizadores, luvas de vinil, protetores de caixa, entre outros. A Diageo ainda esclarece que o apoio aos bares e restaurantes não exige nenhuma contrapartida comercial.

Gregorio Gutiérrez, presidente da Diageo, afrima que a ação se deve pelo fato de que o segmento de alimentação fora do lar, seu parceiro histórico, ser um dos mais impactados pela pandemia. "Bares e restaurantes estão bravamente lutando para sobreviver a este período de pandemia de Covid-19. O Movimento Pró-Bar é uma iniciativa para apoiar a recuperação deste setor que emprega milhões de pessoas. Por meio de um fundo de R$ 15 milhões, serão doados equipamentos e materiais a mais de mil estabelecimentos".

Exigências

Para participar do programa, a Diageo exige critérios para uma casa ser contemplada que são: estar em uma das praças do programa, estar em funcionamento desde antes de março de 2019 (12 meses antes da pandemia), apresentar alvará de funcionamento e tornar-se embaixador do Manifesto do #BarResponsável. Obedecendo a esses critérios as casas serão contempladas por ordem de inscrição.

O Manifesto #BarResponsável exige que os parceiros assumam compromissos de colocar em prática protocolos de higiene e distanciamento social, de promover a responsabilidade e a moderação no consumo de bebidas alcoólicas, incentivar a diversidade e a inclusão e combater o assédio dentro de seus ambientes.

“O objetivo do Manifesto #BarResponsável é defender melhores práticas para ressurgirmos melhores, mais fortes e mais atentos às transformações que ocorrem ao nosso redor. Esses compromissos vão muito além de tentar remediar os impactos da pandemia do novo coronavírus. Trata-se de um comprometimento de longo prazo para reforçar o papel social de bares e restaurantes, como pontos de encontro da comunidade, espaços capazes de influenciar positivamente o comportamento dos consumidores”, explica Gregorio.