PUBLICIDADE
Economia
NOTÍCIA

Em meio à alerta para alta incidência de Covid-19, Fortaleza é a 2ª capital do NE mais procurada para Réveillon

A capital cearense se destaca ao lado de outras capitais nordestinas como destino de grande maioria dos turistas para o Réveillon 2021. No entanto, Fortaleza tem nível alto de alerta para incidência de novos casos de Covid-19

Gabriela Almeida
20:35 | 04/12/2020
Fortaleza tem destaque no ranking ao lado de outras capitais nordestinas para o Réveillon 2021 (Foto: Thais Mesquita)
Fortaleza tem destaque no ranking ao lado de outras capitais nordestinas para o Réveillon 2021 (Foto: Thais Mesquita)

Corrigida às 11h51 do dia 07/12/2020

Em meio a um nível alto de alerta para incidência de novos casos de Covid-19, Fortaleza é a segunda capital do Nordeste mais procurada por turistas que buscam um destino para comemorar o Réveillon 2021. De acordo com um levantamento realizado pela MaxMilhas, plataforma de venda de passagens aéreas, divulgado nesta sexta-feira, 4, a Cidade se destaca ao lado de outras capitais nordestinas como destino de grande maioria dos turistas para o final do ano.

A Cidade aparece em segundo lugar no "Top 10" das capitais mais procuradas do Nordeste para o período, sendo seis delas localizadas na região Nordeste. Encabeçando o ranking nordestino está Recife (PE), sendo seguido por Fortaleza (CE), Salvador (BA), João Pessoa (PB), Natal (RN) e Maceió (AL).

A previsão de alta na temporada vem no momento em que o setor de turismo do País busca se recuperar da crise financeira provocada pela pandemia da Covid-19. Mais da metade dos voos dentro do Brasil já foram retomados e, segundo estimativa da MaxMilhas, a plataforma chegou a registrar crescimento médio mensal de vendas de 35%.

| LEIA MAIS | 

Hotéis do Ceará querem ampliar capacidade de ocupação para 80% no Réveillon

Fortaleza tem 19 praias próprias para banho neste fim de semana

Fortaleza tem nível alto de alerta para incidência de novos casos de Covid-19

Procurado pelo O POVO, Alexandre Pereira, secretario de turismo de Fortaleza, afirmou que a Capital tem sido colocada nas pesquisas como um dos destinos mais procurados até para o Carnaval do próximo ano. "Isso nos deixa felizes porque consolida nosso trabalho (...) mas também nos dá muita responsabilidade, de seguir os protocolos sanitários necessários para que possamos acolher bem esses turistas", destaca. 

Ocupação hoteleira no Ceará

O Decreto estadual, que determina normas de combate a pandemia, estabelece que hotéis do Ceará tenham uma ocupação de apenas 60% do seu limite. Há cerca de duas semanas, representantes da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Ceará (ABIH-CE) solicitaram ao Governo a ampliação da capacidade de hóspedes para 80% do limite máximo. 

Régis Medeiros, presidente do órgão, afirma que o pedido foi feito após ser percebido uma alta procura de turistas pelos hotéis do Estado para o final de ano. Caso solicitação seja aceita pelo Governo e limite seja aumentado, o presidente estima que a ocupação dos hotéis na virada de ano varie de 70% a 80%.

No Réveillon de 2019 para 2020, os hotéis chegaram a ter ocupação de 96%, número significativamente acima do estimado por Régis. "Não podemos estar lotados. E nem que pudéssemos lotar não conseguiríamos por conta da pandemia", explica ainda o presidente.

A previsão de alta do turismo é observada também em municípios cearenses como Jericoacora, um dos principais pontos turísticos do Estado. De acordo com Ricardo Gusso, secretario de turismo da Cidade, a procura por reservas em hotéis da região, destinadas ao período de ano novo, fez com quem 80% desses estabelecimentos já estejam com o limite máximo atingido.

"Não serão feitas grande festas na cidade, mais as pessoas vão poder curtir mais ao longo do dia, nos bares, nas pousadas, fazendo passeios", destaca o secretario. Gusso ainda afirma que a prefeitura da Cidade espera por determinação do governo sobre como serão realizados os eventos de Réveillon. As normas devem sair em Decreto Estadual, que é publicado oficialmente no inicio de toda semana.

Dicas para viajar com segurança:

Para combater o avanço da pandemia, cada estado do brasil adota uma política própria de segurança sanitária, estabelecida mediante avaliação dos índices da Covid-19 na região. Por esse motivo, é necessário que o indivíduo que deseje viajar esteja atento as normas.

A MaxMilhas deu algumas dicas de como viajar com segurança:

1: Escolha por locais que já esteja recebendo turistas e que adotem "medidas de segurança sanitária, como exigência de teste negativo para Covid-19 e obrigatoriedade do uso de máscara em locais públicos".

2: "Fique atento à existência de algum selo de segurança que ateste que os destinos e os estabelecimentos seguem elevados padrões de higiene e sanitização".

3: "Informe-se sobre as exigências para entrada e permanência no destino escolhido (isso varia de cidade para cidade) nos órgãos oficiais correspondentes".

4: "Preste atenção às regras da companhia aérea para cancelamento e remarcação das viagens antes de realizar a compra e prefira as tarifas flexíveis".

5: "Verifique as exigências da companhia aérea no dia do voo: antecedência para chegada ao aeroporto, regras de check-in, uso de máscara no avião etc".

6: "Opte por viajar sozinho ou em pequenos grupos com os quais já estava convivendo diariamente. Evite aglomerações".