PUBLICIDADE
Economia
NOTÍCIA

Proposta de criação de distritos turísticos no Ceará é aprovada na AL

O objetivo é contribuir para uma gestão mais específica e focada no desenvolvimento do potencial de cada região

21:45 | 10/07/2019
A primeira área proposta para se tornar um distrito turístico seria Jericoacoara
A primeira área proposta para se tornar um distrito turístico seria Jericoacoara(Foto: Fábio Lima/O POVO)

Foi aprovada nesta quarta-feira, 10, na Assembleia Legislativa (AL), a proposta de criação de novos distritos turísticos para exploração de negócios turísticos no estado do Ceará. O objetivo é contribuir para uma gestão mais específica e focada no desenvolvimento do potencial de cada região. A primeira área proposta seria Jericoacoara, a 294 km de Fortaleza.

Conforme O POVO noticiou, a proposta tramita desde o último dia 2, quando o Governo do Estado enviou mensagem à AL. Há a previsão de criação de métodos para incentivar a atração de novos empreendimentos para os locais escolhidos.

Para o titular da Secretaria do Turismo do Ceará (Setur), Arialdo Pinho, o objetivo é permitir que haja melhores condições de trabalho na relação entre as prefeituras e os investidores. Isso porque será criado um conselho deliberativo para cada distrito, que ficará encarregado de fiscalizar o cumprimento das restrições das áreas, sugerindo a adoção de ações concretas para coordenação e execução de uma política de sustentabilidade e de incentivo à instalação de novos empreendimentos turísticos nesses locais.

“Esses conselhos terão a participação de representantes do Estado e também da sociedade civil. Os benefícios desse projeto vão atingir toda a cadeia turística do Ceará. O trade turístico vê com bons olhos iniciativas que venham para aliviar impostos e facilitar as regras para execução das atividades turísticas. No primeiro momento, Jericoacoara será beneficiada. Depois, a tendência é fazer distritos turísticos no Litoral Leste e em Fortaleza, num projeto que estamos pensando em conjunto com a Prefeitura”, ressalta o titular da Setur.

Redação O POVO Online