PUBLICIDADE
Economia
NOTÍCIA

"Está criada a primeira ponte digital entre a África e América Latina", diz CEO da Angola Cables

Com a inauguração do equipamento, a expectativa é que Fortaleza se torne hub internacional de telecomunicações

15:53 | 16/04/2019
Fachada do equipamento, na Praia do Futuro.
Fachada do equipamento, na Praia do Futuro. (Foto: Rogério Lima/Angola Cables)

O Data Center Angonap Fortaleza, da multinacional Angola Cables, foi inaugurado na manhã desta terça-feira, 16, na Praia do Futuro. A expectativa é que os custos dos serviços oferecidos sejam até 60% inferiores aos atuais. Em entrevista à Rádio O POVO CBN, o CEO da Angola Cables, António Nunes, destacou a possibilidade de novos investimentos. O Data Center deve atrair produtores de conteúdo. Conforme noticiou O POVO Online, 70% da capacidade do equipamento já foi comercializada antes mesmo do início da operação.

“Fortaleza deixou de ser um mero ponto de passagem das comunicações”, disse o CEO da Angola Cables, António Nunes, na solenidade de inauguração. Conforme afirmou, o Data Center é um potencial embrião do ecossistema digital no Ceará. “A nossa proposta estava alinhada com transformar as terras de Rachel de Queiroz e Chico Anysio num ponto de desenvolvimento tecnológico no Nordeste brasileiro. Hoje, podemos dizer que está criada a primeira ponte digital entre a África e América Latina”, frisou.

Momento da inauguração do Data Center, na manhã desta terça-feira.
Momento da inauguração do Data Center, na manhã desta terça-feira. (Foto: Evilázio Bezerra/O POVO)

“Além de consolidar nossa cidade como maior centro de conexões de cabos submarinos do País, mais do que isso, a Angola Cables queria se consolidar aqui na cidade de Fortaleza e estabelecer o Data Center de corte internacional, o maior da região”, afirmou o prefeito da Capital, Roberto Cláudio (PDT). Para ele, o equipamento pode ser a grande âncora de um novo polo tecnológico. “É uma arquitetura de ponta e de padrão internacional. Nós vislumbramos uma grande oportunidade”.

“É um momento histórico e ímpar para o Ceará e Fortaleza. A instalação da Angola Cables vai possibilitar o destaque nesse mundo de telecomunicações. Significa atrair novos provedores de conteúdo e internet. Significa mais investimento em tecnologia e pesquisa”, disse o governador Camilo Santana (PT), em gesto de agradecimento ao investimento feito pela multinacional angolana.

Confira vídeo do equipamento:

Em 2017, o investimento da empresa na capital cearense foi de US$ 50 milhões. O montante faz parte dos US$ 300 milhões que a companhia de fornecimento de dados via cabos de fibra ótica investiu com seus três projetos. No ramo das telecomunicações, Fortaleza tem o segundo maior hub de cabos a nível mundial.

Com informações do repórter Samuel Pimentel

Larissa Carvalho