Participamos do

Vídeo: cachorro impede criança de se afogar e resgata bola; entenda

No registro, cãozinho puxa criança por jaqueta, evita o acidente e ainda resgata a bola da criança. Adestrador cita que vídeo pode ser uma provável montagem; entenda mais
16:18 | Mar. 26, 2022
Autor Marília Freitas
Foto do autor
Marília Freitas Estagiária do O POVO Online
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Na última semana, o vídeo de um cachorrinho com crianças viralizou nas redes sociais. O registro mostra o bichinho tranquilo enquanto os pequenos jogavam bola em um quintal, até que o item cai em uma fonte. No que o cachorro vê a tentativa da criança de pegar o brinquedo, ele puxa o garotinho pela jaqueta e impede um provável afogamento - e ainda resgata a bola.

Um perfil do Twitter que publicou o conteúdo chegou a quase 300 mil curtidas com o vídeo. Nos comentários, houve quem acreditasse na lealdade natural do cão e outros apontaram um possível adestramento. "Menina arremessou a bola de propósito", comentou um perfil. Veja o vídeo no player abaixo ou clique aqui para ver:


Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

O cão do vídeo foi identificado como da raça Pastor Alemão, considerado um animal de companhia e de guarda. O POVO conversou com o presidente da Associação de Adestradores do Ceará (AACE), Jackson Maciel, para entender o comportamento do cãozinho em possíveis situações de perigo. Segundo o instrutor, os bichinhos nutrem em si uma tendência a proteger e cuidar de um grupo. "Quando eles saem da família deles [de outros cães], eles vêm para a nossa família. Então, com o comportamento de proteger e controlar, os cães vão certamente agir dessa forma", explica. 

 

Mas para ele, a sequência de atividades mostradas no vídeo reforçam uma montagem: "Eu acho que foi uma cena montada para mostrar um treinamento, porque há elementos que o cachorro não pensaria naturalmente em usar". Dentre os equipamentos citados, estão a puxada na jaqueta da criança e o bastão utilizado pelo cão para buscar a bola. "Ele provavelmente pegaria a bola com sua própria boca e sairia da piscina. Se ele não fosse treinado, ele iria salvar a criança apenas quando ela caísse na água. No vídeo, ele evita que ela entre na piscina", descreve.

Jackson trabalha como adestrador há mais de 30 anos e reforça a importância de treinar o animal devido à diferença de habitat dele com os humanos. "Nós trazemos ele para dentro da nossa casa e queremos que eles vivam em harmonia. Para eles, por exemplo, marcar xixi pela casa é natural. Para a gente, é um desastre", exemplifica.

Com o adestramento, o pet poder ser educado e treinado para exercer algumas funções, até mesmo para ajudas domésticas. "Eles podem evitar que crianças, como no vídeo, vão para uma piscina. Eles fazem isso e protegem a família", comenta. "E quanto mais cedo você começar a educar seu pet, melhor".

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Leia Mais.

Aceitar