Participamos do

Round 6: veja 10 curiosidades sobre a série sul-coreana sucesso na Netflix

A série Round 6 se tornou um dos maiores sucessos do catálogo da plataforma de streaming Netflix, ocupando o primeiro lugar entre as 10 produções mais assistidas no Brasil. Conheça algumas curiosidades sobre a série e saiba onde assistir
23:19 | Out. 01, 2021
Autor Kauanna Castelo
Foto do autor
Kauanna Castelo Jornal
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Round 6 ou Squid Game é o mais novo sucesso mundial da Netflix. A produção sul-coreana entrou no catálogo da plataforma de streaming em 17 de setembro, com nove episódios e um enredo intrigante. Atualmente, a série ocupa o primeiro lugar entre as 10 produções cinematográficas mais assistidas no Brasil. De acordo com dados divulgados pelo site Rotten Tomatoes, a colocação se repete em outros 76 países.

A trama de Round 6 se resume a uma competição de sobrevivência entre centenas de pessoas endividadas, atraídas a participar de jogos infantis em busca de uma recompensa bilionária. A dinâmica dos desafios se assemelha ao de filmes clássicos como Jogos Mortais e Jogo Vorazes - carregando também uma forte crítica social.

O indivíduo que se dispõe a participar do desafio possui apenas duas opções para finalizar o jogo: a vitória ou a morte. O POVO preparou uma lista de curiosidades sobre a produção da série que você talvez desconheça. 

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Round 6: veja dez curiosidades da série sul-coreana

  • O motivo do nome 'Squid Game'

Durante uma coletiva de imprensa, o diretor Hwang Dong-hyuk revelou que a escolha do nome 'Squid Game' para a série foi inspirado em um jogo que ele costumava brincar quando criança. "Acho que o Squid Game é um dos jogos mais fisicamente intensos de se jogar. E também é um dos meus jogos favoritos. Acho que o Squid Games é o jogo infantil icônico que melhor reflete a imagem da sociedade atual”, explicou.

  • Como surgiu a ideia do roteiro

Ainda segundo o produtor da série, o roteiro de 'Squid Game' foi escrito há treze anos, em 2008. A ideia para a história surgiu quando ele estava endividado - assim como os participantes do jogo. Após a conclusão do script em 2009, questionou-se: “Se houvesse um jogo como este, eu teria participado dele?”. 

A série só saiu do papel após 10 anos devido ao enredo fora do convencional. "Na época, parecia que essa história tinha um conteúdo que as pessoas talvez não estivessem familiarizadas, ou parece muito intenso. E há algumas pessoas que acham que a história é um pouco complicada demais e improvável que seja comercializável", explicou, Hwang.

  • As pistas sobre os jogos nas paredes

A série é repleta de enigmas! Conseguir decifrá-los garante a passagem dos jogadores para a próxima fase. Porém, pistas importantes que poderiam ter ajudado muitos a vencer estavam escondidas por trás das camas do extenso dormitório. As pinturas nas paredes se assemelhavam a ilustrações de um livro infantil, e só ficaram visíveis quando restavam apenas três participantes e três camas. 

Apesar das brincadeiras serem infantis como Batatinha 1,2,3, Colmeia de açúcar, Cabo de Guerra, Bolinha de Gude, Ponte de Cristal e Jogo da Lula, a competição é violenta e possui punições mortais.

  • O Enigma número 1

Esse foi o primeiro enigma exposto sobre o cérebro do Round 6, um verdadeiro prenuncio do que iria acontecer. Desta vez, a informação partiu do nome do participante número um, o idoso Oh Il-nam. Traduzindo do coreano, o nome significa literalmente "o homem número um". A ocupação numérica 001 não é atoa, já que ele também ocupa o primeiro lugar em termos de riqueza e poder. Por fim, esse personagem é essencial no desfecho da série.

  • Sobre a escolha das cores dos uniformes 

 As cores dos uniformes tanto dos jogadores quanto dos soldados foram escolhido por meio do círculo cromático, uma ferramenta de combinação de cores. A cor escolhida para a vestimenta dos participantes do jogo foi o verde. Segundo o diretor Hwang Dong-hyuk, a coloração lembrava o fardamento usado pelos alunos coreanos do ensino médio quando ele era jovem.

Diante a escolha, os soldados receberam a cor diretamente oposta ao verde na Roda de Cores, o rosa choque. A tonalidade tem como finalidade delimitar os grupos, além de gerar a sensação de medo nos competidores. O corredor entre o dormitório e a arena de jogo também é rosa.

  • Entenda as formas geométricas usadas pelos soldados

O jogo faz uso de muitos símbolos tanto para interpretar quanto para refletir. Na série, o uso das formas geométricas círculo, quadrado e retângulo são usadas pelos soldados em suas máscara para delimitar funções e atribuições. O círculo simboliza os trabalhadores, o triângulo os soldados e o quadrado os gerentes.

  • Sobre a trilha sonora

As músicas usadas na série eram uma representação do que as crianças dos anos 70 e 80 ouviam, criando assim um senso de conexão e lembrança do passado. Mesmo diante de um jogo terrível, trilhas sonoras dramáticas foram substituídas por canções como "Fly Me to the Moon" de Frank Sinatra e "The Blue Danube" de Johann Strauss II.

A escolha musical foi usada para causar inquietação diante de jogos que sobrecarregavam o psicológico dos participantes que temiam a morte e lutavam pela vida. 

  • A inspiração para as escadas 

Em diversas cenas os participantes sobem e descem uma série de escadas coloridas e desordenadas. Segundo o diretor Hwang Dong-hyuk, as escadarias foram inspiradas em uma impressão litográfica do artista holandês M.C. Escher, que ilustra um mundo onde as leis da gravidade são diferentes do mundo real.

  • Série acusada de plágio?

Apesar do sucesso, o Round 6 está sendo acusada de plágio, devido semelhanças nos cenários e figurinos com o filme japonês “As the Gods Will”, de 2014. Baseado no mangá “Kamisama no Iu Toori”, o longa apresenta um estudante do ensino médio, Shun Takahata, que é forçado a entrar em um jogo que tem como penalidade a morte.

Porém, em coletiva de imprensa, o showrunner Hwang Dong-hyuk negou que tenha se inspirado no filme japonês e que inclusive criou a história de "Round 6" antes da estreia do longa. "O primeiro jogo é similar, isso é verdade. Mas não existem tantas semelhanças. Eu produzi a trama de 'Round 6' entre 2008 e 2009, e na época escolhi o 'Luz Vermelha, Luz Verde' (inspirado numa brincadeira infantil local) como o primeiro jogo", declarou.

  • Quando estreia a segunda temporada?

A informação não é nada satisfatória para os fãs de Round 6. Em entrevista a revista estadunidense Variety, o diretor Hwang Dong-hyuk disse não ter planos para uma continuação da série, ainda que o último episódio insinue isso. Segundo ele pensar no desenvolvimento de uma nova temporada é cansativo. “Se formos fazer uma segunda temporada, certamente não farei sozinho. Consideraria usar uma equipe de roteiristas e iria querer mais diretores experientes”, disse.

Round 6: onde assistir online 

Round 6 (ou Squid Game) está disponível na plataforma de streaming Netflix. A série sul-coreana possui 9 capítulo com duração média entre 30 minutos e 1 hora. No Brasil, “Round 6” ocupa o primeiro lugar das 10 produções mais assistidas da semana. 

 

MAIS NOTÍCIAS DE CURIOSIDADES

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags