PUBLICIDADE
NOTÍCIA

Suspeita de filmar espancamento e morte de mulher é presa em Sobral

Crime foi registrado no dia 14 de maio, quando o grupo espancou e matou a vítima a golpes de faca

21:58 | 21/11/2019

A mulher suspeita de filmar o espancamento até a morte de Maria Elailane do Nascimento, 19, foi presa nesta quarta-feira, 20. A travesti Weshley, com nome civil de Francisco Wezio Fernandes Lino, também de 19 anos, foi detida no bairro Vila União, em Sobral. Conforme a Polícia Civil, as investigações apontam que a suspeita foi responsável por incitar o grupo que espancou Elailane. Nova pessoas foram presas.

O homicídio foi registrado no dia 14 de maio. Infratores espancaram Elailane e a levaram para uma residência abandonada, onde a vítima foi executada a golpes de faca. A ação foi filmada pelos criminosos e divulgada em redes sociais.

De acordo com o delegado Paulo Castro, titular do Núcleo de Homicídios e Proteção à Pessoa (NHPP), cada um dos nove presos vai responder pelo crime de acordo com a sua culpabilidade. Conforme o delegado, quem filma ou incita ação criminosa também comete crime.

As denúncias podem ser realizadas para número 181, o Disque Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS); para o número (88) 99261-3471, que é o WhatsApp do Núcleo de Homicídios e Proteção à Pessoa (NHPP), por onde podem ser feitas denúncias via mensagem. O sigilo e o anonimato são garantidos.