PUBLICIDADE
NOTÍCIA

Suspeita de participar da morte de padrasto é presa em Saboeiro

Ela agrediu a vítima, de 63 anos, com um objeto perfurocortante na residência onde morava a família. Keyla relata que o crime aconteceu após o idoso tentar estuprá-la

23:30 | 19/05/2021
Keyla Daiane do Nascimento Neris, de 29 anos, tem antecedentes criminais por furto e desacato (Foto: Reprodução/SSPDS)
Keyla Daiane do Nascimento Neris, de 29 anos, tem antecedentes criminais por furto e desacato (Foto: Reprodução/SSPDS)

Mulher suspeita de participar da morte de seu padrasto foi presa nesta quarta-feira, 19, em Saboeiro, município a 518 quilômetros de Fortaleza. O mandado de prisão preventiva foi cumprido pela Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE). Keyla Daiane do Nascimento Neris, de 29 anos, tem antecedentes criminais por furto e desacato.

Ela agrediu a vítima, de 63 anos, com um objeto perfurocortante na residência onde morava a família. Keyla relata que o crime aconteceu após o idoso tentar estuprá-la. “A versão da enteada não se sustenta e foi desmentida por testemunhas do crime e pelas lesões graves encontradas no corpo da vítima. Algumas delas aconteceram dias antes da morte, como mostraram os laudos periciais”, diz Marcos Sandro, titular da Delegacia Regional de Iguatu.

A Polícia Militar do Ceará (PMCE) foi acionada após a agressão por meio de denúncias anônimas. O corpo do padrasto foi encontrado pelos agentes militares. Sua companheira, mãe de Keyla, também estava no local. A suspeita foi encaminhada para unidade prisional e irá responder por homicídio doloso.