PUBLICIDADE
Noticia

Pai e madrasta suspeitos da morte de criança de três anos são presos no RN

O casal teria abandonado a criança em uma unidade hospitalar de Russas, no interior do Ceará

13:35 | 23/07/2020
A menina Ester, de três anos, deu entrada na unidade de saúde em óbito  (Foto: Reprodução/arquivo pessoal )
A menina Ester, de três anos, deu entrada na unidade de saúde em óbito (Foto: Reprodução/arquivo pessoal )

Pai e madrasta suspeitos da morte de uma criança de três anos foram presos nessa quarta-feira, 22, na cidade de Parnamirim, no Rio Grande do Norte. De acordo com levantamentos policiais, Nemezio Correia, 28, e Eduarda Ferreira, 27, teriam abandonado a criança em uma unidade hospitalar em Russas, no Ceará.

Maria Ester, 3, apresentava diversas lesões pelo corpo e morreu nessa segunda-feira. A causa da morte ainda não foi confirmada pela Polícia, que aguarda resultados de exames realizados pela Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce). Os agentes suspeitam que a criança pode ter sofrido violência sexual.

Após trocar informações com forças de segurança do Rio Grande do Norte, a Polícia cearense conseguiu localizar o casal, que se apresentou em delegacia de Natal. Os suspeitos serão encaminhados para o Ceará, onde ficarão à disposição da Justiça para continuação das investigações.

LEIA MAIS - Crimes contra crianças e adolescentes no Ceará cresceram em média 20% durante a pandemia

A população pode contribuir com as investigações repassando informações que possam auxiliar os trabalhos policiais. As denúncias podem ser feitas pelo número (88) 3411.8567, da Delegacia Regional de Russas, ou ainda para o número ‪‪‪(85) 98616.6688, que é o WhatsApp da unidade, por onde podem ser feitas denúncias via mensagem. O sigilo e o anonimato são garantidos.