Participamos do

Em Quixadá, polícia prende homem que praticava furtos para realizar compras on-line

Ryan Alves de Oliveira, 19, foi preso em flagrante e não reagiu
19:16 | Out. 02, 2021
Autor Euziane Bastos
Foto do autor
Euziane Bastos Repórter Estagiária de Cidades
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

A Polícia Civil do Estado do Ceará (PC-CE) prendeu em flagrante, na noite dessa quinta-feira, 30, um homem chamado Ryan Alves de Oliveira, 19, que obtinha indevidamente dados de cartões de vítimas para realizar compras on-line. O caso ocorreu no município de Quixadá, na Área Integrada de Segurança 20 (AIS 20) do Estado.

LEIA TAMBÉM| Seis pessoas são mortas em Caucaia em menos de 12 horas

Os policiais começaram uma investigação após o registro de um Boletim de Ocorrência Eletrônico (BOE) na Delegacia Eletrônica (Deletron) por uma vítima de um outro Estado, que teve o cartão utilizado para efetuar compras em sites internacionais e aplicativos de entrega de comida.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine


Ainda durante as investigações, a Polícia Civil foi comunicada, por meio de um estabelecimento comercial, que uma outra vítima havia entrado em contato para verificar uma compra indevida realizada em um restaurante. Diante disso, os profissionais da segurança se dirigiram ao bairro Carrascal, no endereço onde foram entregues os produtos: a residência de Ryan Alves de Oliveira.

LEIA TAMBÉM| Após quatro anos preso, jovem condenado por latrocínio é absolvido por falta de provas


Com Ryan, foram encontrados comprovantes de compras, computador, aparelhos celulares, discos rígidos, carregadores e diversos chips celulares.

LEIA TAMBÉM| Criança é atropelada por motociclista que fugia de blitz em Fortaleza


Na unidade policial, ele foi autuado em flagrante pelo crime de furto mediante fraude por meio de uso de dispositivo eletrônico. Os policiais da Delegacia Regional de Quixadá, seguem apurando o caso e procurando possíveis cúmplices do esquema ilícito.

Serviço

A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) informa que, para realizar denúncias, além da Delegacia Eletrônica, o cidadão pode ligar para o número 181, o Disque-Denúncia da SSPDS, ou para o (85) 3101-0181, que é o número de WhatsApp, por onde podem ser feitas denúncias via mensagem, áudio, vídeo e fotografia.

As denúncias também podem ser encaminhadas para o telefone (88) 3445-1047, da Delegacia Regional de Quixadá. O sigilo e o anonimato são garantidos.

Tenha acesso a reportagens especiais. Assine O POVO+ clicando aqui

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags