Termo de Uso Política de Privacidade Política de Cookies Conheça O POVO Trabalhe Conosco Fale com a gente Assine Ombudsman
Participamos do

Juazeiro não detectou casos de Covid-19 no fim de semana de barreira sanitária

Juazeiro do Norte implantou uma barreira sanitária no terminal rodoviário do município na última sexta-feira, 13. No primeiro final de semana da ação, nenhum caso de coronavírus foi detectado
20:19 | Ago. 16, 2021
Autor Isabela Queiroz Especial para O POVO
Foto do autor
Isabela Queiroz Especial para O POVO Autor
Tipo Notícia

Juazeiro do Norte implantou uma barreira sanitária no terminal rodoviário do Município na última sexta-feira, 13. A ação acontece para identificar e isolar passageiros de outros Estados com suspeita de Covid-19 e, assim, conter a disseminação da variante delta na região. No primeiro final de semana de fiscalização, nenhum passageiro testou positivo para coronavírus no Município. As informações são da rádio CBN Cariri.

A coordenadora da Unidade Covid do Município, Kaline Mendes, afirmou em entrevista ao jornalista Farias Júnior, da CBN Cariri, que a barreira sanitária está funcionando para realizar uma triagem das pessoas que desembarcam no Município. Passageiros que apresentarem sintomas de coronavírus são notificados e orientados a ficar em isolamento em casa. Serão internados apenas pacientes em quadros graves da doença, de acordo com ela.

Kaline afirma que não há nenhum paciente com coronavírus internado nas unidades de saúde do município atualmente. Ela explica ainda que não existe uma definição do tempo de duração da barreira sanitária, há uma escala de funcionários para um mês, mas o tempo de fiscalização vai depender do controle da doença no Município. 

Sobre a testagem de Covid-19 em Juazeiro do Norte, Mendes afirma que além dos realizados na barreira sanitária, há duas Unidades Sentinelas, uma próxima ao Vapt-Vupt e outra no bairro Pirajá, disponíveis para testagens da população. Ela ressalta que o número de testagens no Município está reduzido em comparação a outros períodos. A coordenadora finaliza enfatizando que o isolamento social, as medidas de proteção e a vacinação são as medidas mais eficazes para controlar a disseminação de Covid-19.

Com informações do jornalista Farias Júnior, da CBN Cariri

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Ficha Técnica

17:10 | Ago. 16, 2021
Autor
Tipo

Concepção do Projeto: Ana Naddaf

Produção e Coordenação: Cinthia Medeiros

Direção Audiovisual: Arthur Gadelha

Fotografia: FCO Fontenele

Montagem e Edição: Eduardo Azevedo

Transporte: Alexandre Rodrigues

Editoria Núcleo de Imagem: Chico Marinho e Cinthia Medeiros

Editor de Fotografia: JL Rosa

Diretoria Executiva de Jornalismo: Erick Guimarães

Direção Geral de Jornalismo: Arlen Medina Néri

Edição OP+: Fátima Sudário e Regina Ribeiro

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Teto de residência entregue na sexta por Bolsonaro desaba dois dias depois em Juazeiro do Norte

11:07 | Ago. 16, 2021
Autor Angélica Feitosa
Foto do autor
Angélica Feitosa Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O teto de PVC de uma residência do programa Casa Verde e Amarela, entregue na última sexta-feira, 13, pelo presidente Jair Bolsonaro em Juazeiro do Norte, no Cariri, desabou na noite deste domingo, 15. Parte da residência, onde moram uma jovem de 24 anos, o filho dela, um menino de 3, e a mãe da jovem, uma mulher de 48 anos, ficou alagada. 

A família perdeu móveis do quarto (guarda-roupa e cama) e da cozinha (fogão) que tinha acabado de comprar. “Minha mãe estava deitada na cama no quarto e escutou um estouro alto. O forro cedeu e começou entrar água em todo o quarto. Foi terrível”, conta a diarista Raquel Gonçalves, que não estava em casa no momento da ocorrência. A família recebeu as chaves da casa na sexta, se mudou no sábado, e o alagamento aconteceu na noite de domingo. A mãe da jovem tem problemas de depressão e, segundo ela, não quer voltar para a casa. “Ela está muito insegura”, diz a jovem. 

O encarregado de manutenção da Morefácil Construtora, que ergueu o empreendimento, Eliano dos Santos, estava na residência na manhã desta segunda-feira, 16. Segundo ele, a tubulação em 90 graus se descolou e somente uma perícia deve indicar as razões. “Foi uma fatalidade que não se poderia prever. O cano foi mal colocado e a pressão alta da água fez com que a cola do cano se rompesse”, diz.

Questionado pelo O POVO sobre a razão de o cano ter sido mal colocado, ele informou que o processo de colagem foi feito de forma correta, com a raspagem e a limpeza, processo adequado para esse tipo de instalação. O que a perícia deve indicar, ainda de acordo com o encarregado, é se foi usada pouca cola no procedimento.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Covid-19: variante Delta avança no Rio de Janeiro

Saúde
08:50 | Ago. 16, 2021
Autor Agência Brasil
Foto do autor
Agência Brasil Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

A vigilância genômica do vírus Sars-CoV-2, causador da covid-19, na cidade do Rio de Janeiro aponta que a variante Delta (B.1 617.2), surgida na Índia, já é responsável por 56,6% dos casos da doença no município.

O anúncio foi feito pelo secretário Municipal de Saúde, Daniel Soranz, em sua conta no Twitter.

Na sexta-feira (13), a prefeitura já havia anunciado que a cidade é o epicentro da variante Delta no Brasil. A análise genômica, que identifica as variantes do novo coronavírus, é feita por amostragem.

Apesar do apelo do secretário para que as pessoas evitem aglomerações e exposições desnecessárias, já que a variante Delta é mais transmissível que as outras, no fim de semana a Secretaria de Ordem Pública interditou duas festas clandestinas, uma com 2 mil pessoas e outra com 600.

Vacinação

Nesta semana, a prefeitura do Rio de Janeiro pretende concluir a aplicação da primeira dose da vacina contra a covid-19 na população adulta do município. Após o atraso na entrega de doses na semana passada, que fez com que a imunização inicial fosse suspensa por dois dias, hoje (16) receberão a primeira dose as pessoas de 22 anos.

Seguindo a lógica de imunizar uma idade por dia, a previsão é de que na sexta-feira (20) seja a vez das pessoas com 18 anos. Mulheres devem comparecer aos postos pela manhã e os homens na parte da tarde.

A repescagem será feita todos os dias para pessoas com 30 anos ou mais, pessoas com deficiência e gestantes, puérperas e lactantes com 18 anos ou mais. A prefeitura orienta que quem estiver fora do dia previsto no calendário por idade, se vacine na parte da tarde.

O Ministério da Saúde informou que fará uma “compensação gradual dos quantitativos de vacinas enviados de modo complementar”, para que todos os estados finalizem a imunização “sem que haja benefícios ou prejuízos a suas respectivas populações”.

Segundo a pasta, na semana passada foram entregues 576,1 mil doses ao estado do Rio de Janeiro e no fim de semana mais 308,8 mil. “Desde o começo da campanha contra a covid-19, foram entregues 17,3 milhões de doses ao estado do Rio de Janeiro”, informou o ministério.

A cidade abriu hoje um novo posto de vacinação, no Palácio Pedro Ernesto, sede da Câmara Municipal, localizado na Cinelândia, centro do Rio de Janeiro, para reforçar a estrutura da saúde nesse momento com grande público por idades, na faixa dos 22 aos 18 anos.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Prefeitura de Juazeiro analisa vacinação irregular de jovens

00:30 | Ago. 16, 2021
Autor
Tipo Notícia

A vacinação irregular de jovens com menos de 29 anos em Juazeiro do Norte está sendo avaliada pela Prefeitura do município. Na manhã do último sábado, 14, jovens com até 18 anos sem agendamento chegaram a ser vacinados em um dos pontos de aplicação de imunizantes, no Clube dos Comerciários.

A movimentação não consta no cronograma oficial de vacinação da cidade, que está priorizando agora pessoas com 29 anos ou mais.

Um tumulto teria se formado com a informação que a Juazeiro do Norte teria reduzido a idade para a vacinação. Muitas pessoas fora da faixa indicada e sem agendamento foram ao local tentar conseguir uma dose e algumas chegaram a ser vacinadas.

Segundo informações de moradores pelas redes sociais, a inciativa da vacinação teria sido dos próprios funcionários da unidade.

"O problema foi que tinha vacinas a mais e eles (os profissionais) mesmos resolveram aplicar no público dessa idade que estavam por lá e uns foram chamando outros, e deu no que deu! Super errado e com falta de respeito pra quem está esperando sua vez chegar", escreveu uma moradora da cidade na página da Prefeitura. "Disseram que a notícia é falsa, mas algumas pessoas ainda foram vacinadas, isso é injusto!", escreveu outro morador.

Por meio de nota, a Secretaria de Saúde de Juazeiro do Norte desmentiu a informação sobre avanço da vacinação para público de 18 a 29 anos. "Não houve redução de idade para a vacinação contra a COVID-19, no município", explica a nota.

A secretária de Saúde, Francimones Rolim, ressaltou, por meio do texto, que não foi autorizado por ela, qualquer procedimento posterior ao que foi informado no site da Prefeitura de Juazeiro e nas redes sociais oficiais. Na postagem mais recente sobre a vacinação, o município alerta que a vacinação está sendo feita mediante agendamento, mas apenas para a faixa etária de 29 anos.

De acordo com a pasta, os profissionais de saúde que realizarem vacinação irregular pessoas de 18 a 29 anos no sábado serão notificados e a SESAU tomará as medidas cabíveis. Ainda não se tem informações sobre os jovens imunizados na data.

A Secretaria reforça que qualquer informação oficial sobre vacinação será divulgada no site da Prefeitura e nas redes sociais oficiais.

 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags