Termo de Uso Política de Privacidade Política de Cookies Conheça O POVO Trabalhe Conosco Fale com a gente Assine Ombudsman
Participamos do

Após finalização dos agendamentos, Fortaleza terá repescagem de D1

A previsão da gestão é finalizar o agendamento de todos os adultos maiores de 18 anos ainda nesta semana e, assim, focar na repescagem
14:00 | Ago. 16, 2021
Autor Júlia Duarte
Foto do autor
Júlia Duarte Estagiária
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Uma nova repescagem deve acontecer para quem perdeu o agendamento da primeira dose (D1) da vacina contra Covid-19 em Fortaleza. Segundo a titular da Secretaria Municipal de Fortaleza, Ana Estela, a ação deve acontece ainda nesta semana, após a Capital completar o agendamento de toda a população adulta. Nesta terça-feira, 17, jovens de 18 anos já estão agendados e, com a finalização do processo, pessoas até 39 anos que perderam o agendamento da D1 serão chamados.

"Tão logo a gente complete agendamento da população de 18 anos, fiquem atentos que divulgaremos as estratégias de repescagem da população faltosa que teve seu agendamento, mas não pode comparecer", explica a secretária. A repescagem terá foco em pessoas de 18 a 39 anos que ainda não receberam a D1 na Capital. 

LEIA MAIS | Fortaleza prevê finalizar vacinação de 100% da população adulta nesta semana

A previsão da gestão é finalizar o agendamento de todos os adultos maiores de 18 anos ainda nesta semana e, assim, focar na repescagem. "Já entrando na faixa etária de 18 anos durante esta semana, provavelmente teremos cumprido 100% dos agendamentos da população adulta vacinável em Fortaleza", ressaltou Ana Estela. 

A recomendação atual para quem perde o agendamento da D1 é esperar uma nova data de repescagem. Só em alguns casos é permitido que a pessoa vá, sem um novo agendamento, a qualquer ponto de vacinação. São eles: viagem a trabalho, esteve doente por Covid-19 ou estava respeitando o intervalo entre outras vacinas.  

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Peixes são encontrados mortos no açude João Lopes, em Fortaleza

13:46 | Ago. 16, 2021
Autor Levi Aguiar
Foto do autor
Levi Aguiar Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Algumas dezenas de peixes foram encontrados mortos no açude João Lopes, parte da área do Parque Rachel de Queiroz, situado no Bairro Ellery, em Fortaleza. Os animais começaram a ser avistados no fim da tarde de domingo, 15, pelos diretores da Associação Comunitária do bairro e moradores locais.

Em conversa com O POVO, moradores suspeitam que o causador da contaminação no ecossistema são esgotos clandestinos que deságuam no açude, “por causa do excesso da mortandade de peixes”.

“Existem muitas casas no entorno do açude, as pessoas que vivem ali viram uma parcela de peixes mortos. Momentos depois já haviam dezenas”, conta o morador, Wescley Sacramento.

Ele também diz que, após mobilização da comunidade, a Prefeitura de Fortaleza esteve na semana passada realizando limpeza no açude.

O POVO entrou em contato com a Secretaria de Urbanismo e Meio Ambiente de Fortaleza (Seuma), que encaminhou a demanda para a Agência de Fiscalização de Fortaleza (Agefis) e aguarda retorno. 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Vacinação em Fortaleza: D2 continua sendo aplicada normalmente, mesmo sem listas

saúde
13:33 | Ago. 16, 2021
Autor Júlia Duarte
Foto do autor
Júlia Duarte Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Desde a sexta-feira, 13, as listas para aplicação de segundas doses em Fortaleza não vêm sendo divulgadas. Para esta terça-feira, 17, o atendimento segue sendo priorizado apenas para primeira dose (D1). De acordo com a Secretária Municipal de Saúde, (SMS), entretanto, a aplicação da segunda dose (D2) continua acontecendo normalmente para quem perdeu o agendamento ou chegou à data limite no cartão de vacinação.

Segundo a Prefeitura de Fortaleza, a falta de lista se dá porque não há número suficiente de pessoas no prazo para tomar a D2, mesmo com o adiantamento. A pasta negou que esteja passando por problemas de abastecimento e pontuou que a decisão de não estar havendo listas é logística. A secretaria explica ainda que a estratégia de vacinação varia dependendo dos dias e da demanda.

A gestão tem antecipado o tempo entre a primeira e segunda doses para completar o esquema vacinal, que varia entre 15 e 30 dias, conforme relatos recebidos pelo O POVO. Entre junho e julho, a administração antecipou o agendamento da segunda dose (D2) da vacina AstraZeneca de cerca de 15 mil pessoas. Na época, Erlemus Soares, coordenador da Rede de Atenção Primária e Psicossocial, considerou que o adiantamento das datas acontece porque a segunda dose “é muito importante" para a imunização.

LEIA MAIS | Por que países adotam intervalo menor em doses da AstraZeneca? Brasil não acompanha

A Fiocruz, que é responsável pela produção da vacina AstraZeneca no Brasil, manteve, em julho, a recomendação de 12 semanas, três meses, para o intervalo entre a aplicação das duas doses do imunizante. A decisão aconteceu em meio a um movimento de pelo menos oito estados do País em adiantar a aplicação da segunda dose da vacina.

A Agência Europeia de Medicamentos (EMA) sugeriu em junho que o intervalo entre as doses deveria ser encurtado por conta da predominância das novas variantes no continente, como a Delta.

O que fazer se perdi a data da segunda dose?

As pessoas que já tomaram a primeira dose (D1) e perderam sua data da aplicação da segunda dose (D2) podem procurar os pontos definidos para cada tipo de imunizante, sem necessidade de agendamento. A mesma recomendação vale para quem chegou à data limite do cartão de vacinação e não foi chamado.

LEIA MAIS | O que fazer se perdi agendamento de primeira ou segunda dose em Fortaleza?

Segundo Erlemus Soares, determinados pontos de vacinação separam estoque justamente para esses casos. O Centro de Eventos reúne todos os três imunizantes aplicados no Ceará que precisam de segunda dose: Pfizer, Coronavac e AstraZeneca. Já os Cucas devem ser procurados em casos de segunda dose de Coronavac e os postos de saúde, no caso da AstraZeneca.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Lula inicia giro pelo Nordeste com visita a assentamento do MST em Recife

13:23 | Ago. 16, 2021
Autor Filipe Pereira
Foto do autor
Filipe Pereira Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O ex-presidente Luiz Inácio Lula Silva já inicou sua agenda de atividades em Pernambuco, primeira região visita durante seu giro pelo Nordeste nos próximos 10 dias. Na manhã desta segunda-feira, 16, o pré-candidato do PT à Presidência da República visitou uma propriedade de agricultura familiar do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) na Região Metropolitana do Recife. À tarde, o presidente já organiza reunião com movimentos sociais.

Acompanhado por alguns parlamentares e dirigentes partidários, entre eles a presidente nacional PT, Gleisi Hoffman, e o deputado federal José Guimarães, Lula debateu sobre o problema na fome no Brasil, destacou políticas para a agricultura familiar e defendeu maior participação do Estado na sociedade.

Na ocasião, o ex-presidente falou sobre as eleições de 2022. "O Brasil não merece sofrer o que está sofrendo. E essa não é uma briga eleitoral. Não é uma briga de um homem querendo pegar o lugar do outro. É uma briga em defesa do nosso país. Da nossa soberania. É, sobretudo, em defesa do nosso povo. Nossa tarefa é tirar esse cidadão da Presidência. Vamos recuperar o direito de ser feliz nesse país.⁣⁣
", disse. 

Neste domingo, 15, após desembarcar no aeroporto, o petista foi recepcionado dirigentes do partido no estado e também por lideranças sociais, como  senador Humberto Costa. Lula foi recebido para um jantar às 20h, no Palácio do Campo das Princesas (sede do governo), onde também esteve presente o prefeito de Recife, João Campos (PSB), que venceu Marília Arraes (PT) no pleito municipal de 2020 com discurso antipetista.

Nas redes sociais, as lideranças do Partido dos Trabalhadores no estado comentaram sobre a presença de Lula no estado. O senador Humberto Costa, os deputados federais Carlos Veras e Marilia Arraes também participam da caminhada do petista. Também acompanham o ex-presidente o deputado estadual e presidente do partido, Doriel Barros, a líder da bancada do PT na Assembleia, Tereza Leitão, a deputada Dulcicleide Amorim, a vereadora Liana Cirne Lins, líder da bancada, e os vereadores Jairo Brito e Osmar Ricardo.

O itinerário de Lula na Região durará 11 dias e passará por seis estados: Pernambuco, Piauí, Maranhão, Ceará, Rio Grande do Norte e Bahia. No Ceará, Lula tem chegada prevista para a próxima sexta-feira, 20, e deve permanecer até a segunda-feira, 23.

O giro pelo Nordeste realizado pelo petista acontece após a visita do presidente Jair Bolsonaro ao Ceará na sexta-feira, 13 de agosto. Enquanto Lula investe para manter a força na região, decisiva nas últimas eleições, o presidente da República tenta avançar nesse eleitorado.

 

Ouça o podcast Jogo Político:

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

A saída de Quintero do Fortaleza: detalhes, motivos e conversa com Vojvoda

FORTALEZA
13:13 | Ago. 16, 2021
Autor Fernando Graziani
Foto do autor
Fernando Graziani Autor
Ver perfil do autor
Tipo Opinião

Quintero jogará até o fim do ano no Juventude, emprestado pelo Fortaleza. Sem espaço com o técnico Juan Pablo Vojvoda, que foi sincero quando procurado, o zagueiro pediu para atuar em outro clube da Série A. Abaixo, vídeo onde conto mais detalhes da operação:

O vídeo:

 

 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Idosos de Paquetá receberão dose de reforço até o fim deste mês

Saúde
12:49 | Ago. 16, 2021
Autor Agência Brasil
Foto do autor
Agência Brasil Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Idosos da Ilha de Paquetá, no Rio de Janeiro, vão receber ainda em agosto uma terceira dose de vacinas contra covid-19 como reforço da imunização. A iniciativa foi informada hoje (16) pelo secretário municipal de Saúde do Rio, Daniel Soranz, ao afirmar que as doses serão aplicadas como parte do estudo realizado em parceria com a Fundação Oswaldo Cruz.

O projeto de vacinação em massa no bairro insular alcançou 96% de adesão na primeira dose e 85% na segunda, aplicada ontem (15). Pesquisadores também realizam monitoramento sorológico nos voluntários do estudo, que acompanha também pessoas que não podem ser vacinadas, como as crianças.

A pesquisa pretende conferir o impacto da imunização em massa na circulação do vírus e na formação de uma proteção coletiva contra a doença, que beneficia também quem não pode se vacinar. Com a aplicação da terceira dose em idosos, passará a fazer parte do estudo a observação dos efeitos da vacinação heteróloga, quando são aplicadas doses de vacinas diferentes contra uma mesma doença.

"Essa vacinação em Paquetá com a terceira dose vai poder mostrar como funciona a segurança da vacina heteróloga na terceira dose e também vai poder mostrar como acontece a produção de anticorpos dessa vacinação nessa população", disse o secretário de saúde da capital fluminense.

Segundo Soranz, os idosos de Paquetá serão divididos em dois grupos e receberão doses das vacinas AstraZeneca e Pfizer. Ele afirma que é provável que a vacinação de idosos com a terceira dose se estenda a toda a cidade, e considerou importante que tanto o município quanto o Ministério da Saúde se prepararem para essa possibilidade.

"É muito importante planejar essa aplicação, porque, se ela for necessária, a gente precisa ter vacina para continuar o calendário.

 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags