PUBLICIDADE
NOTÍCIA

Polícia prende suspeito de estupro de vulnerável em Bela Cruz, no Ceará

A detenção ocorreu por meio de mandado de prisão. O homem de 37 anos cometeu abuso contra uma adolescente de 18 anos com deficiência mental

14:56 | 11/06/2021

Um pedreiro de 37 anos foi preso por estupro de vulnerável na tarde desta quinta-feira, 10, no município de Bela Cruz, a 236,1 quilômetros de Fortaleza. Ele teria cometido o crime contra uma adolescente de 18 anos com deficiência mental. A detenção se deu em cumprimento a um mandado de prisão. O estupro ocorreu na casa da avó materna da jovem, no município de Jijoca de Jericoacoara, Litoral Leste do Estado, no dia 21 de abril deste ano. O homem se encontra à disposição da Justiça na Penitenciária Industrial Regional de Sobral.

Segundo a Polícia, o suspeito foi preso em flagrante em uma obra onde trabalhava como pedreiro. O crime ocorreu no dia 21 de abril deste ano. A jovem teria saído com o suspeito da casa da avó materna dela, no município, sem o conhecimento da família. De acordo com as investigações, no mesmo dia, o suspeito teria ligado para a casa dos pais da vítima para informar que ela estava em sua companhia, mas não informou o endereço do local. No dia 23 de abril, o suspeito teria levado a adolescente de volta para a casa dos pais em Jijoca. Lá, a jovem teria relatado ao pai que o suspeito a abusou sexualmente. A vítima passou por exames na Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce), que confirmaram o estupro.

LEIA MAIS| Dois homens são presos por cometer estupro de vulnerável em momentos diferentes contra uma mulher com deficiência

A partir disso, o pedreiro encontrava-se foragido. Com a expedição do mandado de prisão preventiva, os policiais civis da Delegacia Regional de Acaraú saíram em diligências e localizaram o suspeito trabalhando como pedreiro na zona rural de Bela Cruz. Após ser preso pelo crime de estupro de vulnerável, o homem foi encaminhado para a unidade prisional de Sobral, onde encontra-se à disposição da Justiça.

TAGS