Termo de Uso Política de Privacidade Política de Cookies Conheça O POVO Trabalhe Conosco Fale com a gente Assine Ombudsman
Participamos do

Projeto de irrigação criado por alunos de Granja está entre os semifinalistas de programa da Samsung

Sistema de irrigação alternativo com uma bomba hidrostática de baixo custo está sendo utilizado para auxiliar os agricultores locais
13:32 | Set. 14, 2021
Autor Mirla Nobre
Foto do autor
Mirla Nobre Jornal
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Um projeto de irrigação criado por um grupo de alunos do 3º ano da Escola Estadual Guilherme Teles Gouveia, no município de Granja, a 332,3 quilômetros de Fortaleza, está entre os semifinalistas da 8ª edição do Prêmio Respostas para o Amanhã, iniciativa brasileira do Solve For Tomorrow, programa global da Samsung. O projeto idealizado pelos estudantes trata-se de um sistema de irrigação alternativo com uma bomba hidrostática de baixo custo para auxiliar os agricultores locais.

A ideia busca ser uma slução para os trabalhadores, que até então só trabalhavam nas plantações durante o período de inverno por dificuldade em irrigá-las nos demais meses do ano, em razão da escassez de água na região. Conforme o professor e orientador do projeto, André Luiz Rocha, o desafio é regar a plantação em estações com menos chuva, principalmente no verão.

LEIA TAMBÉM | Programa Juventude Digital vai capacitar 4 mil jovens ainda neste ano

Os estudantes do 3º do ensino técnico em Agropecuária iniciaram a criação de uma bomba hidrostática. Com o equipamento, é possível fornecer uma determinada quantidade de água por meio da pressão.

No projeto, garrafas retornáveis de dois litros e um calibrador de pneu para medir a pressão do recipiente são capazes de manter a irrigação das plantações por muito mais tempo.

André Luiz Rocha informa que foram repassados aos alunos o funcionamento da bomba hidrostática e a parte técnica. Com isso, quatro protótipos foram criados pelo grupo. O professor lembra que os equipamentos foram levados à praça pública da cidade de Granja para a realização de teste.

Após a fase, o grupo procurou pessoas com pequenas plantações de coentro, cebola e tomate para testar novamente o equipamento que, segundo André, foi aprovado pela população local.

Cerca de 45 unidades do sistema de irrigação de baixo custo estão em funcionamento no município cearense. Conforme os alunos, o objetivo agora é levar oficinas de capacitação para agricultores das cidades no entorno, de forma a ensiná-los como produzir seus próprios sistemas de irrigação e ajudá-los em suas plantações.

LEIA MAIS | Ceará anuncia investimento de R$ 130 milhões para recuperar aprendizagem prejudicada pela pandemia

O professor André Luiz relembra que no começo as pessoas não acreditavam que o projeto funcionaria, mas ele destaca que com o tempo eles viram crescer as plantações de feijão, milho, maxixe e jerimum, por exemplo, a partir do sistema de irrigação.

“Cerca de 70% da população local vive da agropecuária e, no verão, nada se desenvolve porque a cidade é muito seca. Graças ao projeto, essas pessoas podem cultivar o ano todo e, além de vender, também trocam produtos entre elas”, diz André.

O programa

Está é a 8ª edição do Prêmio Respostas para o Amanhã, iniciativa brasileira do Solve For Tomorrow, programa global da Samsung que desafia alunos e professores da rede pública de ensino a desenvolver soluções para a sociedade local com experimentação científica e/ou tecnológica por meio da abordagem STEM (sigla em inglês para Ciências, Tecnologia, Engenharia e Matemática).

Ele está no Brasil desde 2014 e envolve mais 165 mil estudantes, 22 mil professores e cinco mil escolas públicas em 8.113 projetos inscritos.

O programa busca capacitar futuras gerações para alcançarem seu pleno potencial por meio da Educação. Ele também conta com uma rede de parceiros, como a representação no Brasil da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco no Brasil), da Rede Latino-Americana pela Educação (Reduca) e da Organização dos Estados Ibero-americanos (OEI), além do apoio do Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed).

 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags