Participamos do

Programa Juventude Digital vai capacitar 4 mil jovens ainda neste ano

O anúncio foi feito nesta segunda-feira, 13, pelo prefeito de Fortaleza, José Sarto (PDT). O objetivo do programa é promover a inclusão digital de jovens e fomentar o desenvolvimento da economia digital na capital cearense
10:20 | Set. 13, 2021
Autor Irna Cavalcante
Foto do autor
Irna Cavalcante Repórter no OPOVO
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O prefeito de Fortaleza, José Sarto (PDT), lançou nesta segunda-feira, 13, o programa Juventude Digital. Além de capacitação de jovens na área de tecnologia, o objetivo do programa é fomentar o desenvolvimento da economia digital na capital cearense. A meta é capacitar pelo menos 4 mil jovens ainda neste ano e, a partir do ano que vem, formar uma média de 12,5 mil novos profissionais por ano.

"Fortaleza tem um cinturão digital fantástico, e nosso objetivo é ser a Capital que vai implantar uma das maiores economias digitais do País. Juntos, vamos executar essa política", afirmou o prefeito. 

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Para viabilizar o programa, será encaminhado à Câmara dos Vereadores um projeto de lei que cria oficialmente no Município o programa Juventude Digital. 

O programa terá três eixos de formação. O primeiro é capacitar alunos da rede pública municipal a partir do 9º ano. O segundo é a formação em programação e design com foco na inserção de jovens para o  mercado de trabalho. E o terceiro é lançar cursos específicos na área de jogos digitais, em parceria com Sebrae.

Os cursos serão ofertados gratuitamente de forma presencial, virtual e no modelo híbrido e será executado em parceria com diversas secretarias municipais. "É uma política pública permanente para promover a inclusão digital e gerar emprego e renda para os nossos jovens".

Após aprovação do projeto na Câmara, a Prefeitura irá lançar um portal por onde os interessados poderão se cadastrar para participar. Haverá cursos de curta e longa duração.

De acordo com o presidente da Citinova, Luiz Alberto Sabóia, Fortaleza, como a maior economia do Nordeste, é uma cidade de vanguarda, e não poderia ser diferente na área da economia digital.

"Esse programa é, essencialmente, de desenvolvimento econômico da Cidade, para capacitar esses jovens de áreas de baixa renda e colocar num mercado que está superaquecido, sobrando emprego em Tecnologia da Informação e faltando mão de obra, então a gente quer fazer essa ponte. Vamos ter sucesso nessa política e mudar a face econômica de Fortaleza".

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags