Participamos do

Ceará volta a liderar o número de aprovações no vestibular do ITA em 2022

A terceira e última fase do concurso aconteceu no último domingo, 9, e tem divulgação prevista para o dia 18 de janeiro, mas com possibilidade de recursos
20:10 | Jan. 12, 2022
Autor Pedro Rocha
Foto do autor
Pedro Rocha Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O Ceará retoma o primeiro lugar entre os estados brasileiros com o maior número de alunos aprovados no Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA). Depois de ficar em segundo lugar nos últimos três anos, os estudantes de escolas cearenses acumularam 61 aprovações na segunda fase do vestibular de 2022. Nos últimos cinco anos o Estado acumula 282 aprovações no concurso militar, sendo 44% das vagas ofertadas no período.

Com nove aprovações a mais que estudantes de escolas de São Paulo, segundo lugar no ranking, e cinco vezes mais que o Rio de Janeiro, terceiro lugar, as escolas cearenses se destacam com grandes aprovações e são vistas como referência no ensino do conhecimento técnico-científico no instituto.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Para o aluno do ITA, Caio Tavares, o sucesso do estado nos concursos militares está no trabalho realizado entre alunos, coordenações das escolas e professores. “Para ter a minha aprovação levei quatro anos, passei por dois colégios. A cultura dos alunos sempre foi de estudar muito, manter o foco, realizar exercícios, tirar dúvidas. Cultura que foi incentivada pela coordenação que nos apoiava a criar grupos de estudo, ir à escola no final de semana. E aos professores, que sem ele não íamos sair do lugar”, explica o aluno do ITA.

Com tamanha cultura de cearenses entrando nos institutos nas últimas décadas, a pressão pela aprovação é maior entre os alunos do Estado. “Nós escutávamos que tinha muito cearense, mas ouvir sempre me deu forças para continuar estudando. Nunca vi como uma pressão negativa, mas sim positiva. Sou cearense e posso passar. É mais motivação do que pressão. Creio que os meus colegas sentiam o mesmo, a gente ia para a prova com o sentimento de que vai dar certo. Dava força”, contou.

O professor e coordenador de turmas ITA em duas escolas particulares de Fortaleza, Arquimedes Maia, aponta que o Ceará é uma referência de educação no ensino público e privado, com grande investimento em concursos de alta performance. “A preparação específica que nós temos aqui praticamente não existe em outros estados, com exceção de São Paulo e Rio de Janeiro'', explica o professor.

Maia reforça que o Ceará é um local interessante para estudantes olímpicos. “Somos um polo de alunos muito grande. Eles vêm do Brasil todo se preparar no Ceará, para olimpíadas e para os vestibulares ITA e IME. Se consolidando como um polo de educação, nos tornamos um destino muito procurado. Com tamanha oferta, os professores se especializam no segmento. Tudo isso ajuda a consolidar o nosso estado nessa posição”, afirma o coordenador.

A expectativa para o Estado é aumentar o número de aprovações nos próximos anos, já que diversas escolas na cidade de Fortaleza estão aumentando os investimentos na área. “Acredito que a disputa com São José dos Campos vai continuar acirrada. Mas a quantidade de escolas que investem no Estado é cada vez maior. É a nossa diferença para o estado de São Paulo. Lá as aprovações estão concentradas em uma única escola. Aqui temos mais que uma com essa capacidade. É um fator que pode possibilitar o crescimento”, afirma Maia.


Conteúdo sempre disponível e acessos ilimitados. Assine O POVO+ clicando aqui

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags