Participamos do

Policiais do Ceará são treinados por grupo de elite da polícia francesa

16 agentes cearenses passarão por treinamento com unidade da Força de Intervenção da Polícia francesa. Ao todo, serão 80 horas de capacitação
20:06 | Out. 11, 2021
Autor Lara Vieira
Foto do autor
Lara Vieira Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Agentes de segurança da Polícia Civil e Militar do Ceará iniciaram, nesta segunda-feira, 11, treinamento com o Raid, que é a Força de Intervenção da Polícia Nacional (FIPN) da França. O treinamento, que envolveu 16 policiais cearenses, tem como objetivo aprimorar técnicas de resgate de vítimas em situações extremas. A capacitação deve seguir até 22 de outubro.

Os 16 agentes — oito policiais civis da Core e oito policiais militares do CPChoque — terão o total de 80 horas de treinamento. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública do Estado (SSPDS), o treinamento inclui abordagem em domicílios, de revista e procura, liberação de reféns, táticas de intervenções em metrôs e ônibus, além de técnicas de defesa durante uma intervenção e treino de tiro.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

O Raid (sigla que em português significa busca, assistência, intervenção e dissuasão) é considerado uma unidade de elite e opera em toda a França. Criada em 1985, tem um total de 450 agentes e desde 2009 faz parte da Força de Intervenção da Polícia Nacional (FIPN). O grupo atua, principalmente, contra o crime organizado, o terrorismo, a tomada de reféns e todas as formas de criminalidade.

Segundo Sérgio Santos, delegado geral da Polícia Civil, a realização do curso representa uma valorização dos profissionais. “A qualificação do nosso pessoal é a principal arma no combate aos crimes e às organizações criminosas. Existe uma parceria com o governo francês, e essa troca ocorre não só na área de investigação, como na parte tática, a exemplo do curso que se inicia hoje. Esse será um importante momento para o intercâmbio de conhecimento”, ressaltou.

 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags