Participamos do

Projeto de lei prevê que clínicas veterinárias cearenses comuniquem casos de maus tratos

De acordo com o projeto, proprietárias dos estabelecimentos devem realizar as denúncias diretamente a unidades da Polícia Civil
11:42 | Set. 11, 2021
Autor Lara Vieira
Foto do autor
Lara Vieira Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Um projeto de lei (PL) que estabelece a obrigatoriedade de clínicas veterinárias e pet shops do Ceará a notificarem casos de maus-tratos a animais foi apresentado na Assembleia Legislativa do Estado. De autoria do deputado Rafael Branco (MDB), a solicitação está em trâmite na Comissão de Constituição e Justiça desde a última quarta-feira, 8. De acordo com o deputado, a ideia surgiu após diálogos com associações que lutam pela causa animal no Estado.

Em conversa com a rádio CBN Cariri, Rafael Aragão declarou que a previsão é que a solicitação seja votada no plenário em torno de 30 a 40 dias. Segundo o projeto, em casos de confirmação dos maus tratos, os responsáveis por centros de cuidados aos animais poderão realizá-las diretamente às delegacias da Polícia Civil.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

O deputado também declarou que, paralelamente, está desenvolvendo projeto voltado para a criação de delegacias especializadas em crimes contra animais e causas ambientais.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags