Participamos do

Quedas de energia provocadas por pipas já afetaram mais de 132 mil pessoas no Ceará

Por meio de levantamento feito pela Enel Distribuição Ceará, no topo da lista dos municípios com mais ocorrências estão Fortaleza, Caucaia e Maracanaú
21:30 | Ago. 19, 2021
Autor Marília Serpa
Foto do autor
Marília Serpa Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Até a primeira quinzena de agosto de 2021, mais de 132 mil pessoas ficaram sem energia em razão de pipas que atingiram a rede elétrica. Fortaleza, Caucaia e Maracanaú encontram-se no topo da lista de municípios com mais quedas de energia. Os dados são de levantamento da Enel Distribuição Ceará.

As linhas das pipas que ficam enroscadas na rede elétrica podem provocar desgaste na fiação, podendo gerar curtos-circuitos e até risco de choque elétrico, além da possibilidade de rompimento dos cabos. Em acidentes como esse, a equipe da distribuidora precisa realizar reparos necessários de forma a substituir a fiação, visando restabelecer a energia o mais breve possível.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

“É importante reforçar que é muito perigoso empinar pipa próximo à rede elétrica. Nossos sistemas possuem tensões que chegam a 69 mil volts e qualquer interação com a rede pode ser fatal. Também alertamos em relação ao cerol, esse cortante tão perigoso, que em contato com a fiação acaba cerrando os cabos, podendo fragilizá-los e causar um rompimento e, consequentemente, um acidente. Se alguma pipa enroscar na rede, jamais tentar retirá-la. Brincar com pipa é saudável, sim, mas nossa orientação é que seja longe das redes e jamais utilizar o cerol”, explica o gerente de Operação da Enel Distribuição Ceará, Marcelo Puertas.

Na Capital cearense, foram identificadas 36.221 pessoas afetadas durante o período do levantamento, e os bairros mais atingidos foram Água Fria, Aldeota, Barra do Ceará, Bom Jardim e Bonsucesso. Na Região Metropolitana, os impactos atingiram Aracapé, Aquiraz, Beberibe, Baturité e Cascavel.

Recomendações importantes para segurança no contato com a rede elétrica

- Não encostar em qualquer objeto estranho e não tentar recuperar nada que esteja pendurado na rede elétrica. Somente técnicos da distribuidora, treinados para este trabalho que exige o uso de equipamentos de segurança, estão aptos a manusear a rede;

- Soltar pipas perto da rede elétrica é extremamente perigoso, sob risco da linha ou da pipa enroscar nos fios, ocasionando descarga elétrica. Ainda, materiais metálicos não devem ser utilizados na fabricação da pipa por conduzirem eletricidade, aumentando a chance de choque elétrico, com risco de morte;

- O uso de cerol (pó de vidro com cola) oferece mais risco, porque ele corta os fios de alumínio ou de cobre. Além disso, o uso de cerol também pode provocar acidentes com motociclistas;

- O uso da chamada linha chilena, que possui poder de corte quatro vezes maior que o cerol tradicionalmente usado nas pipas, tem agravado a situação. O risco de acidentes fatais é alto para pedestres e motociclistas, e os danos à rede elétrica também são maiores.

- Em casos de cabos partidos, os clientes devem manter-se afastados e avisar imediatamente à distribuidora pela Central de Atendimento, pelo telefone 0800 62 0196, ou pelos perfis nas redes sociais: Facebook e Twitter.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags