Participamos do

Incêndio atinge área de mata em Mombaça há três dias seguidos

Bombeiros tentam controlar as chamas desde o último domingo e enfrentam dificuldades para acessar a área do fogo
01:21 | Ago. 18, 2021
Autor Luciano Cesário
Foto do autor
Luciano Cesário Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Um incêndio de médias proporções atinge parte da Serra dos Canzuins, no município de Mombaça, Região Centro-Sul do Ceará, há pelo menos três dias consecutivos. O fogo tem se espalhado por pontos de difícil acesso, com vales e relevos acidentados, situação que dificulta a ação do Corpo de Bombeiros Militar. (CBM)

A corporação se deslocou ao local onde foram registradas as primeiras chamas ainda no último domingo. A equipe conta com o apoio voluntário de alguns moradores da região, que trabalham para impedir que o fogo alcance residências próximas da área.

O comandante do 4º Batalhão do Corpo de Bombeiros de Iguatu, tenente-coronel Nijair Araújo, afirma que ainda não foi possível fazer um diagnóstico sobre a causa do incêndio. Segundo ele, no momento, os agentes concentram esforços para debelar as chamas e impedir que o fogo se alastre com maior velocidade a outras áreas da mata. A ação é capitaneada pelo quartel do CBM de Tauá, distante a cerca de 90 km do local do incêndio. 

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Populares ajudam bombeiros no combate às chamas
Populares ajudam bombeiros no combate às chamas (Foto: divulgação/CBM)

Com o fim do período de pós-estação chuvosa, que se estende de junho a julho, o Ceará fica sob risco maior de ocorrências de incêndios florestais, como acontece tradicionalmente no Estado nesta época do ano. A falta de chuva e a ação humana, principalmente no campo, são complicadores para as queimadas em regiões de mata.

O maior número de incêndios costuma ser registrado em setembro, quando as temperaturas costumam atingir níveis máximos e a umidade relativa do ar vai cai consideravelmente. Segundo relatório recente apresentado pelo Corpo de Bombeiros do Ceará, pelo menos 70% do território estadual apresenta "risco alto ou muito alto" para a ocorrência de queimadas.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags