PUBLICIDADE
Ceará
NOTÍCIA

Tubulação de barragem que recebe água da transposição se rompe no Ceará; veja vídeo

Nessa quinta-feira, 20, a comporta do reservatório Jati foi acionada para liberar as águas do Projeto de Integração do Rio São Francisco para abastecer o Estado, por meio Cinturão das Águas (CAC)

Gabriela Almeida
18:14 | 21/08/2020
2 mil pessoas foram evacuadas nesta madrugada após tubulação da barragem em Jati se romper na sexta-feira, 21 (Foto: WhatsApp O POVO)
2 mil pessoas foram evacuadas nesta madrugada após tubulação da barragem em Jati se romper na sexta-feira, 21 (Foto: WhatsApp O POVO)

BARRAGEM DA TRANSPOSIÇÃO EM JATI

>> Testes operacionais do Cinturão das Águas são mantidos

>> Imagens mostram dano causado na barragem

>> Vídeo mostra momento do rompimento da tubulação

>> Camilo Santana e comitiva vão ao município de Jati

>> Cerca de 2 mil pessoas são evacuadas do Município

>> Ruptura em tubulação de barragem no Ceará não oferece riscos; gerador foi instalado para fechar comporta

Atualizada às 20h15min

Uma tubulação de barragem que recebe água da transposição do Rio São Francisco se rompeu nesta sexta-feira, 21, em Jati, interior do Ceará. De acordo com informações da Secretaria de Recursos Hídricos (SHR), a captação que leva água para comportas, como a do Brejo Santo, teve o encanamento estourado e assustou moradores. Informação inicial de quem estava no local apontava para o rompimento da barragem, mas o titular da Secretária de Recursos Hídricos do Ceará (SRH), Francisco Teixeira, esclareceu que o problema foi na tubulação.

Nas imagens gravadas pela população, é possível ver o momento em que a água passa a jorrar "desenfreada" e que locais começam a se agrupar para presenciar cena, assustados e preocupados com os impactos que poderia causar o incidente. Conforme o tenente Fideles Dutra, da comunicação do Corpo de Bombeiros, o rompimento não gerou danos a residências e nem alagamento. 

O residentes da região foram avisados, mas a principal preocupação é se a ruptura causou danos à estrutura da barragem, o que, aparentemente, não foi registrado. Melhor análise deve ser feita neste sábado, 22, com a chegada de engenheiros responsáveis pela obra do reservatório.

"A princípio, a gente acredita que não houve nenhum dano estrutural até porque é uma canalização de passagem, em uma curva. Mas a gente está avaliando, até para ver o desempenho do fluxo dessa água, o volume, bateu-se várias fotos para ver amanhã a gente ver rachadura, fenda ou sinal que possa remeter dano à estrutura", pontua o tenente. Equipe dos bombeiros está no local, assim como a Defesa Civil do Município.

Procurado pelo O POVO, Francisco Teixeira afirmou que o problema foi por conta de um vazamento causado na tomada d'água de uma das tubulações, que fez com que ela rompesse. O secretário afirma que a única preocupação no momento é de que a água cause uma erosão na barragem, pois outras consequências maiores que essa não devem ocorrer.

Francisco afirma ainda que não enxerga risco de rompimento da barragem e que incidente não vai levar ao atraso da chegada das águas do São Francisco, uma vez que ele aconteceu em outras captações. O titular da SRH diz ainda que essa parte do projeto é de responsabilidade do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), órgão do Governo Federal.

De acordo com o deputado Guilherme Landim (PDT), que estava na região, o rompimento acionou as sirenes de segurança e todos os locais começaram a sair de suas casas. "Foi desesperador", afirmou o parlamentar, pontuando que técnicos do MDR se encontram no local para resolver problemas.


Momento do rompimento da barragem em Jati, interior do Ceará
Momento do rompimento da barragem em Jati, interior do Ceará (Foto: Reprodução/ YouTube O POVO)

A comporta do reservatório Jati foi acionada nessa quinta-feira, 20, para liberar as águas do Projeto de Integração do Rio São Francisco para abastecer o Estado, por meio Cinturão das Águas (CAC). O teste de abertura da estrutura, que promete garantir segurança hídrica para 4,5 milhões de pessoas na Região Metropolitana de Fortaleza, foi realizado na quarta-feira, 19.

O presidente Jair Bolsonaro (Sem partido) chegou a vir ao Estado para acionar a comporta do Eixo Norte, em junho deste ano, liberando água da transposição do São Francisco ao Ceará. No acionamento da comporta de Jati, no entanto, o chefe do Executivo não esteve presente e mandou em sua representação o Ministro da pasta.