Participamos do

Antonia Fontenelle é condenada por associar Felipe Neto e irmão a pedofilia

Atriz foi condenada por calúnia, difamação e injúria contra o youtuber Felipe Neto e seu irmão, Luccas, após publicar vídeo insinuando que a dupla incentivava a pedofilia. Ela deverá prestar serviços comunitários
18:19 | Dez. 16, 2021
Autor Mateus Brisa
Foto do autor
Mateus Brisa Estagiário
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

A atriz Antonia Fontenelle foi condenada pela Justiça Criminal do Rio de Janeiro por três calúnias, duas difamações e uma injúria contra o youtuber Felipe Neto e seu irmão, Luccas. A base da ação em primeira instância foi um vídeo em que ela insinuou que os irmãos incentivavam a pedofilia. A decisão foi tomada nessa quarta-feira, 15, pelo juiz Ricardo Coronha Pinheiro, da 39ª Vara Criminal do RJ.

Como pena, Fontenelle deverá prestar serviços comunitários e pagar multa de aproximadamente R$ 8 mil; a punição inicial seria um ano de prisão em regime aberto, mas foi convertida. Na visão da Justiça, a apresentadora estava ciente da edição feita no vídeo usado para atacar os youtubers e também proferiu xingamentos.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Em resposta ao portal UOL, a defesa de Fontenelle declarou que irá recorrer da decisão, com seus dois advogados “trabalhando juntos no recurso”. “A Antonia não caluniou ou difamou ninguém, apenas expôs uma opinião para debate”, afirmou Guaracy Bastos, um dos advogados. A defesa adicionou que “tem muita água para correr ainda”, tendo em vista que a decisão foi firmada em primeira instância.

Em publicação no Instagram, Felipe Neto compartilhou um vídeo em que aparece emocionado. “Eu estou muito feliz. A sensação, sério, é que saiu um piano das costas. É saber que todo mundo vai saber que eu estava certo e quem estava errado. E tem mais, eu desejo tudo de melhor para essa pessoa, de verdade. Eu não quero vingança, não quero te ver presa, eu não quero te ver em uma cadeia, quero que você pague pelos crimes que você cometeu, todos consolidados pelo juiz”, declarou.

Essa seria a terceira condenação criminal recebida por Fontenelle apenas neste ano por proferir ofensas contra Felipe Neto, conforme informou a equipe do youtuber. Ela teria um ano de serviços comunitários e mais de R$ 200 mil reais de multa como penas ainda a serem cumpridas. “Ver fazerem isso com meu irmão, às vezes a gente se importa mais com a pessoa que a gente ama. Tenho nem palavras para descrever o que foi esse período na minha vida”, disse o youtuber.

Antonia Fontenelle e irmãos Neto: queixa anterior

A 39ª Vara Criminal do Rio de Janeiro acatou uma queixa-crime de Luccas e Felipe contra Antonia no ano passado. À época, o Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJRJ) explanou que a apresentadora publicou um vídeo em que associava o conteúdo dos canais dos irmãos no YouTube à incitação e à prática de pedofilia.

Ao saber que os irmãos haviam entrado na Justiça, Fontenelle xingou Felipe de “moleque, covarde e mal caráter”, conforme o processo da 39ª Vara. Segundo a defesa da atriz, a intenção do vídeo era “de provocar a discussão e a readequação dos conteúdos produzidos” pelos youtubers, por isso Fontenelle praticava a liberdade de expressão.

A sentença contra-argumentou: “Ora, a vontade de ofender é por demais nítida no caso tratado neste feito, muito longe de expressar a vontade de provocar uma mera discussão. Quem imputa a ontem falsamente a prática de pedofilia, ou que instiga a pedofilia, efetivamente tem a vontade de ofender. Que outro propósito tem senão ofender, quando se chama alguém de ‘moleque, covarde e mau caráter’”.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags