Participamos do

Andressa Urach diz ter síndrome de borderline e fala sobre tratamento em suas redes sociais

Além do tratamento psiquiátrico, a modelo também estaria tomando remédios
14:52 | Out. 19, 2021
Autor Euziane Bastos
Foto do autor
Euziane Bastos Repórter Estagiária de Cidades
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Andressa Urach afirma que passava por uma crise de borderline ao anunciar o término de seu casamento com Thiago Lopes. A modelo desabafou por meio de suas redes sociais nessa última noite de domingo, 17, desmentindo os boatos de que agradecimento postado para o marido tenha sido escrito por ele.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine


“Quando a gente terminou, foi bem difícil, porque eu estava passando por aquelas crises, por causa do meu problema de saúde, o Borderline. Estou fazendo tratamento psiquiátrico com a ajuda de psicólogos, tomando minhas medicações certinhas”, disse por meio dos stories do Instagram.

LEIA MAIS| Andressa Urach declara voto para Bolsonaro em 2022: "Sou bolsominion"

A modelo também relatou que havia acabado de sair de uma internação por causa do borderline e na época estava “quase desistindo”. Andressa reatou o casamento com Thiago após término conturbado. Eles trocaram acusações e a modelo chegou a declarar que voltaria à prostituição. Urach é mãe de Arthur, de 16 anos, e está esperando o segundo filho, Leon.


O que é Síndrome de Borderline

 

Síndrome de Borderline, ou Transtorno de Personalidade Limítrofe, se trata de um transtorno de personalidade e está entre as cerca de 100 doenças mentais classificadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

O transtorno é caracterizado por instabilidade emocional, hipersensibilidade em relacionamentos, impulsividade e alterações constantes de humor. O diagnóstico é feito, geralmente, por psiquiatras e o tratamento envolve psicoterapia e fármacos.


‘Borderline’ vem do Inglês ‘border’ (fronteira) e ‘line’ (linha), a junção entre as palavras significa fronteiriço, limítrofe; ou seja, a pessoa que possui a síndrome de borderline sempre está no limite das emoções.

Conteúdo sempre disponível e acessos ilimitados. Assine O POVO+ clicando aqui

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags