Participamos do

Tempestade de areia volta a ser registrada no interior de São Paulo; veja vídeo

Evento foi observado por volta das 14h35min de hoje em pelo menos três cidades do interior. Alguns municípios ficaram sem energia e prefeituras emitiram avisos de alerta
23:04 | Out. 01, 2021
Autor Redação O POVO
Foto do autor
Redação O POVO Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O estado de São Paulo tornou a registrar uma tempestade de areia nesta sexta-feira, 1° de outubro, quase uma semana depois do fenômeno ter assustado moradores da região. Evento foi observado por volta das 14h35min de hoje em pelo menos três cidades do interior. Alguns municípios ficaram sem energia e prefeituras emitiram avisos de alerta. Informações são do portal de noticias Uol.

Confira vídeo:

O evento foi relatado pelos próprios moradores das regiões, que usaram o Twitter para mostrar vídeos do momento em que a areia tomou conta da cidade. Entre os municípios que foram atingidos estão Andradina, que teve registro ainda de fortes ventos, Penápolis, cujo centro ficou sem energia, e Presidente Prudente, onde prefeito emitiu alerta para que pessoas evitassem áreas de risco.

SOBRE ASSUNTO| Tempestade de areia: perguntas e respostas sobre fenômeno que assombrou São Paulo

Ainda segundo apurado pelo Uol, a Coordenadoria de Proteção e Defesa Civil informou que novas tempestades podem ocorrer até o fim da noite de hoje. Por essa razão, órgão orientou que populares não ficassem em áreas consideradas de risco, assim como evitassem estacionar carros embaixo de árvores.

Moradores compartilharam imagens do momento nas redes sociais
Moradores compartilharam imagens do momento nas redes sociais (Foto: REPRODUÇÃO TWITTER)

O primeiro evento desse porte foi registrado no último domingo, 26, quando uma nuvem de poeira assolou regiões do interior de São Paulo e algumas localizadas em Minas Gerais. Logo após imagens circularem nas redes sociais o assunto viralizou devido a intensidade do fenômeno.

Em entrevista dada anteriormente ao O POVO, o meteorologista Heráclito Alves, do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), explicou que evento é formado por uma instabilidade climática: "Quando há formação de chuvas, a temperatura elevada, a baixa umidade relativa do ar e os ventos fortes provocam um área de instabilidade. Assim, o ar frio desce, levantando a poeira de terrenos geralmente".

Veja repercussão no Twitter:

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags