PUBLICIDADE
Brasil
NOTÍCIA

Marina Ruy Barbosa explica que festa foi "controlada" e desmente boatos

Marina destacou que os convidados foram submetidos a testes de Covid-19 semelhantes aos realizados em ambientes de trabalho. O festejo ocorreu durante um dia em ambiente aberto, na fazenda do namorado da atriz

22:32 | 06/07/2021
A atriz divulgou fotos do festejo em seu Instagram (Foto: Reprodução)
A atriz divulgou fotos do festejo em seu Instagram (Foto: Reprodução)

Em publicação no Instagram nesta terça-feira, 6, a atriz Marina Ruy Barbosa se explicou sobre sua festa de aniversário ocorrida no último sábado, 6, que foi criticada por internautas. Segundo ela, o evento não foi organizado de forma “secreta”, como foi acusado, e reuniu apenas 20 pessoas — e não 50, como foi divulgado pelo portal Uol.

Marina destacou que os convidados foram submetidos a testes de Covid-19 semelhantes aos realizados em ambientes de trabalho. O festejo ocorreu durante um dia em ambiente aberto, na fazenda do namorado da atriz, o deputado federal Guilherme Mussi, em Capão Bonito, interior de São Paulo. 

LEIA MAIS | Mônica Martelli se desculpa por aglomerar em festa de Marina Ruy Barbosa: "Errei"

“Não pretendo fazer disso uma justificativa e sim uma explicação com respeito e amor diante de tantas especulações e informações distorcidas e aumentadas. Diferentemente do que publicaram, nada foi feito escondido. Sei da minha responsabilidade como artista e como mulher, e nunca quis ofender nem magoar ninguém com essa noite”, argumentou.

Na festa, Marina comemorou a chegada dos 26 anos de idade. Ela desabafou que 2020 foi “um ano difícil da minha vida em vários aspectos”, assim como para o resto da população, devido à pandemia. “Depois de muitas superações, terapia e tentando me expor cada vez menos, hoje estou um pouco mais calma e lidando melhor com minhas crises de ansiedade”, disse.

LEIA MAIS | Marina Ruy Barbosa é "cancelada" devido a passado do tataravô

Marina aproveitou o momento para afirmar sua esperança com a vacinação contra a Covid-19, mas alertou seus seguidores quanto às flexibilizações da pandemia. “Se eu não tivesse como realizar esse encontro de forma controlada, eu não faria. A flexibilização da quarentena não significa o fim da pandemia e infelizmente ainda não existe vacina pra todos no Brasil”.