PUBLICIDADE
Brasil
NOTÍCIA

Paulo Gustavo: santuário baiano realizará missa de 7º dia em memória do ator

Paulo Gustavo contribuía com as Obras Sociais Irmã Dulce. Ator morreu por complicações da Covid-19 aos 42 anos

Marília Freitas
16:37 | 09/05/2021
Paulo Gustavo contribuía com doações para as Obras Sociais Irmã Dulce, em Salvador. Na imagem, uma das visitas do ator à entidade, na capital baiana (Foto: divulgação)
Paulo Gustavo contribuía com doações para as Obras Sociais Irmã Dulce, em Salvador. Na imagem, uma das visitas do ator à entidade, na capital baiana (Foto: divulgação)

O Santuário Santa Dulce dos Pobres, na Bahia, realizará nesta segunda-feira, 10, às 8h30min, a missa de sétimo dia em memória de Paulo Gustavo. Devoto da santa baiana e benfeitor das Obras Sociais Irmã Dulce (Osid), o ator morreu no último dia 4 de maio, terça-feira, por complicações da Covid-19.

A cerimônia será presidida pelo reitor do local, o frei Giovanni Messias, e terá transmissão no Instagram, Facebook e YouTube da Osid. Também haverá público local, com capacidade de 30% de acordo com o último decreto baiano de isolamento social.

Paulo Gustavo ajudou a instituição com R$ 1,5 milhão em doação, segundo o padre Júlio Lancelotti. "O apoio não parou por aí. Segundo a superintendente da Osid e sobrinha de Santa Dulce, Maria Rita, Paulo Gustavo doou à instituição um total de R$ 1,5 milhão", completou o sacerdote. Ainda, o humorista doou R$ 600 mil para a construção de uma unidade de oncologia da Osid.

O humorista morreu na terça-feira, 4, após 52 dias internado. Na mesma noite, o quadro do ator foi considerado irreversível, segundo boletim médico.

Durante o tratamento, o artista teve evoluções sucessivas em seu quadro. No dia 2, ele chegou a ter redução de sedativos e bloqueadores e conseguiu interagir com a equipe médica e o marido, o dermatologista Thales Bretas. Em alguns momentos, no entanto, Paulo precisou de cuidados mais intensos e chegou a usar o ECMO (oxigenação por membrana extracorporal), equipamento que se assemelha a um pulmão artificial. Na segunda-feira, 3, Paulo teve uma piora no quadro após sofrer uma embolia pulmonar e apresentar uma situação de "extrema gravidade".

Diversos amigos prestaram homenagens ao ator de 42 anos. Caetano Veloso, Fábio Porchat e Tatá Werneck estão entre os artistas que prestaram tributos a Paulo.