PUBLICIDADE
Brasil
Noticia

Enem 2020: confira dicas para a reta final antes das provas

Exame Nacional do Ensino Médio de 2020 foi adiado para os dias 17 e 24 de janeiro de 2021 em função da pandemia de coronavírus; veja dicas e saiba tudo sobre a prova

Bemfica de Oliva
08:53 | 05/01/2021
Enem de 2020 acontecerá nos dias 17 e 24 de janeiro na versão impressa, e em 31 de janeiro e 7 de fevereiro na modalidade digital; veja dicas e saiba tudo sobre a prova (Foto: Divulgação/MEC)
Enem de 2020 acontecerá nos dias 17 e 24 de janeiro na versão impressa, e em 31 de janeiro e 7 de fevereiro na modalidade digital; veja dicas e saiba tudo sobre a prova (Foto: Divulgação/MEC)

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) ocorrerá no final deste mês. Adiada devido à pandemia de coronavírus, a prova será realizada em dois finais de semana. Para quem optou pela versão impressa, a aplicação será em 17 e 24 de janeiro. Quem decidiu realizar a prova digital terá o exame aplicado em 31 de janeiro e 7 de fevereiro. Seja qual modalidade você tiver escolhido, O POVO separou dicas para você aproveitar ao máximo a reta final até o dia da prova. Confira abaixo.

Quais são os dias de prova do Enem 2020?

O Enem 2020, apesar do nome, acontecerá nos dias 17 e 24 de janeiro de 2021 na versão impressa. Para quem decidiu pela prova digital na hora da inscrição, ela será aplicada em 31 de janeiro e 7 de fevereiro de 2021.

Que horas começam as provas do Enem 2020?

As provas começam às 13h30min, horário de Brasília. Mesmo em locais em outros fuso-horários (Amazonas, Roraima, Rondônia, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Acre, além de Fernando de Noronha), a prova segue o mesmo horário que em Brasília, então é preciso se atentar às diferenças no relógio.

Fernando de Noronha terá a prova iniciando às 14h30min no horário local. Estados que seguem o horário Amazônico (Roraima, Rondônia, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e porção leste do Amazonas) terão a prova iniciando às 12h30min, horário local. O Acre e a porção oeste do Amazonas terão as provas iniciando às 11h30min, horário local.

Os portões se abrem às 12 horas do horário de Brasília e fecham meia hora antes do início das provas, às 13 horas do horário de Brasília.

Como saber meu local de prova do Enem 2020?

A partir desta terça-feira, 5 de janeiro (05/01), será possível saber o local de prova acessando o site do Enem, na página do participante. Lá, é possível imprimir o Cartão de Confirmação, que contém, além do endereço onde o candidato vai realizar o exame, a opção de língua estrangeira e informações sobre atendimento especializado, caso tenha sido solicitado.

O que levar no dia da prova do Enem 2020?

É obrigatório levar para o local de prova os seguintes itens: documento de identidade original com foto, caneta esferográfica de material transparente e tinta preta, e máscara de proteção. É recomendado levar mais de uma máscara, caso seja necessário realizar a troca, e também mais de uma caneta, para evitar problemas com vazamento de tinta ou mal funcionamento. Não é necessário levar o cartão de confirmação, mas é fortemente recomendado.

Podem ser levados também, nos dias da prova, água mineral (em garrafa transparente e sem rótulo) e lanches. A recomendação é levar uma garrafa grande, de 1,5 litro, para evitar ter que sair da sala para enchê-la. Em relação a alimentos, o ideal é que sejam comidas leves, que não causem desconforto no estômago, sem cheiro forte e com embalagem que não faça barulho.

Apesar de não ser proibido levar mochilas, bolsas e aparelhos de celular, é recomendado evitar estes itens. Mochilas e bolsas serão revistadas ao entrar no local de prova e ficarão guardadas separadamente, enquanto celulares devem estar desligados e, se possível, com a bateria removida - ele será guardado junto com outros itens pessoais como chaves e carteiras em um envelope lacrado. Caso o aparelho seja acionado, por um alarme disparando ou uma ligação, o candidato será desclassificado.

O que é proibido levar no dia da prova do Enem 2020?

Lápis, borracha e lapiseira não são permitidos para preenchimento da prova, devendo ser usada somente caneta esferográfica de tinta preta, confeccionada em material transparente. Outros acessórios para auxílio, como réguas e calculadoras, também são proibidos. Itens como chapéus, bonés, relógios, óculos escuros e fones de ouvido também não podem ser levados ao local de prova.

Quais documentos são aceitos no dia da prova do Enem 2020?

Segundo o site do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), que organiza o Enem, são aceitos os seguintes documentos:

  • Cédulas de Identidade expedidas por Secretarias de Segurança Pública, Forças Armadas, Polícia Militar e Polícia Federal;
  • Identidade expedida pelo Ministério da Justiça para estrangeiros, inclusive aqueles reconhecidos como refugiados, em consonância com a Lei nº 9.474, de 22 de julho de 1997;
  • Carteira de Registro Nacional Migratório, de que trata a Lei nº 13.445, de 24 de maio de 2017;
  • Documento Provisório de Registro Nacional Migratório, de que trata o Decreto nº 9.277, de 5 de fevereiro de 2018;
  • Identificação fornecida por ordens ou conselhos de classes que por lei tenha validade como documento de identidade;
  • Passaporte;
  • Carteira Nacional de Habilitação, na forma da Lei nº 9.503, de 23 de setembro de 1997;
  • Carteira de Trabalho e Previdência Social emitida após 27 de janeiro de 1997.

Documentos como carteira de estudante, identidade funcional, crachás de empresa, certidão de nascimento, certidão de casamento, Certificado de Dispensa de Incorporação (CDI), Certificado de Reservista e Título de Eleitor NÃO são aceitos como documentos para realização do exame.

Caso a pessoa candidata tenha o documento de identidade perdido ou furtado, ela deve apresentar Boletim de Ocorrência (BO) emitido menos de 90 dias antes da data da primeira prova. Nesta situação e em casos que o documento esteja rasurado ou ilegível, ou que a fisionomia não permita identificar a pessoa pela foto, é realizado um processo de identificação em separado.

O que fazer no dia da prova do Enem 2020?

  1. Chegue cedo. Os portões abrem às 12 horas, horário de Brasília, e fecham às 13 horas, horário de Brasília, meia hora antes do início da prova. O recomendado é chegar no horário de abertura dos portões, para evitar atrasos e achar com calma a sala exata onde realizará o exame. Se possível, planeje bem o trajeto desde a saída de casa, visitando o local de prova alguns dias antes, marcando o tempo de deslocamento e adicionando a possibilidade de atrasos devido ao trânsito.
  2. Vista roupas leves. Exceto por escolas militares, que têm regras de vestimenta próprias, os locais de prova do Enem não limitam o tipo de roupa que pode ser usada. Se o local tiver ar condicionado, também é recomendado levar um agasalho, que será revistado na entrada da sala e deve ficar guardado embaixo da cadeira enquanto não estiver sendo usado.
  3. Faça uma boa refeição, mas sem exageros. Como a prova dura a tarde inteira, o ideal é não comer alimentos pesados, que podem provocar sono com a digestão, ou causar mal estar estomacal. Lembre-se também de levar pequenos lanches durante a prova. Doces e frutas podem dar uma ajuda conforme a prova avança, fornecendo um pico de glicose no sangue que auxilia a despertar os sentidos.
  4. Beba água. O ideal é levar uma garrafa de 1,5 litro para não precisar sair várias vezes para encher, pois apenas um candidato pode se ausentar da sala por vez. No entanto, não exagere no consumo, para não precisar ir ao banheiro constantemente.
  5. Tenha uma noite de sono tranquila. Dormir pelo menos oito horas é o ideal para as vésperas das provas do Enem 2020. Não descansar adequadamente pode atrapalhar o desempenho nas questões.
  6. Evite revisões de última hora e tente relaxar. O ideal é ir reduzindo gradualmente o ritmo de estudos na semana anterior à prova, se atentando somente a detalhes mais importantes, e evitar pegar em materiais de estudos na noite anterior e no dia do exame. Assistir um filme ou realizar alguma outra atividade de lazer na véspera pode ajudar a relaxar a mente para a prova.

Estou com Covid-19 e não vou poder fazer a prova do Enem 2020. E agora?

Candidatos que estejam com Covid-19 ou outras doenças infectocontagiosas podem solicitar a reaplicação da prova do Enem. É necessário acessar a página do participante no site do exame até dois dias antes da prova, e seguir as instruções contidas nele. Caso apresente sintomas na véspera ou no dia da prova, o candidato também não deve comparecer ao exame. Nestes casos, a orientação é ligar para o Inep através do número 0800.616161.

Quando sai o resultado do Enem 2020?

O resultado das provas do Enem 2020 será divulgado no dia 29 de março. Para conferir a pontuação, tanto na parte de múltipla escolha quanto na de redação, basta acessar a página do participante.

Como é calculada a nota do Enem 2020?

A prova do Enem é dividida em cinco avaliações: Ciências da Natureza, Ciências Humanas, Linguagens e Códigos (onde também é avaliada língua estrangeira) e Matemática, além da redação. Cada uma delas tem nota entre 0 e 1.000 pontos.

As quatro primeiras áreas têm provas do tipo múltipla escolha, com 45 questões de cinco alternativas cada, e somente uma alternativa é a correta. Estas provas são avaliadas de acordo com a Teoria da Resposta ao Item (TRI), que avalia não apenas a quantidade de questões acertadas, mas o comportamento geral de candidato naquela prova.

Isso significa, por exemplo, que questões mais difíceis (acertadas por menos pessoas) têm maior peso, mas também que um candidato que acerte muitas questões difíceis mas erre as fáceis será considerado "suspeito" de ter chutado as questões, e terá a nota reduzida por isso. Também devido à TRI, é impossível atingir nota zero ou 1.000 nas provas de múltipla escolha, pois as notas são calculadas por análise estatística.

Por fim, a prova de redação mede cinco competências, cada uma valendo 200 pontos: domínio da escrita formal; compreensão do tema (zerar nesta competência implica em zerar a redação); capacidade de selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos; estruturação lógica dos argumentos; e elaborar proposta de intervenção que respeite os direitos humanos (zerar nesta competência implica em zerar a redação). Esta prova é a única em que é possível tirar notas zero ou 1.000.

Como revisar o conteúdo para o Enem 2020?

Considerando que o Enem mede todo o conteúdo apresentado durante o Ensino Médio, pode ser difícil elencar quais os conteúdos mais importantes para revisar nesta reta final. No entanto, ferramentas online podem ajudar na preparação nos últimos dias de estudo. Outra boa alternativa é assistir aulões, que costumam abordar os temas que caem com mais frequência na prova.