PUBLICIDADE
Brasil
NOTÍCIA

Beth Goulart comenta Natal sem a mãe e dá forças a outras famílias de luto

Atriz perdeu a mãe, Nicette Bruno, no último domingo, 20, vítima de Covid-19

17:18 | 25/12/2020
No vídeo, a atriz ressalta a época natalina enquanto Nicette estava viva e o que hoje ela representa:
No vídeo, a atriz ressalta a época natalina enquanto Nicette estava viva e o que hoje ela representa: "Ela adorava Natal" (Foto: Reprodução/Instagram)

A atriz Beth Goulart compartilhou um vídeo no seu perfil do Instagram, nesta sexta-feira, 25, relembrando sua mãe, a atriz Nicette Bruno, de 87 anos, que faleceu no último domingo, 20, vítima de Covid-19. Na publicação, Beth também deu forças a outras famílias que perderam entes queridos e que estão vivendo um luto neste Natal.

No vídeo, a atriz ressalta a época natalina enquanto Nicette estava viva e o que hoje ela representa: “Ela adorava Natal. Era uma festa de união, família e alegria. Infelizmente, ela não pode estar conosco porque hoje ela se tornou pura luz, puro amor, pura alegria. Então, que a sua presença agora em estado espiritual”.

A atriz também destacou a saudade que agora fica: “Muitas coisas boas que ficarão cada vez mais fortes e presentes na nossa vida. Guimarães Rosa falou uma coisa linda: 'Saudade é ser depois de ter'. Nós tivemos minha mãe. Hoje temos que ser como minha mãe. Que seus ensinamentos estejam presentes hoje e sempre”, disse ela comentando sobre a ressignificação da data natalina.

Leia também | Filha de Nicette Bruno conta que mãe foi infectada por parente; colegas falam sobre a morte da atriz

Leia Também | Morre radialista Normando Sóracles, vítima de Covid-19

Durante a declaração, Beth também citou famílias que, assim como a dela, também sentem a saudade de um ente querido: “Sei que muitas famílias hoje estão passando um dia de tristeza, um dia de luto, um dia de perda. Mas espero que a força de Jesus acenda em seus corações a esperança, a força e a fé para continuarmos nossa trajetória, na nossa caminhada. Agora em homenagem a quem amamos. Eles estão em nós. Saudade é ser depois de ter. Tenham todos um Feliz Natal. Um Natal diferente dos outros. Um Natal de reflexão, de recolhimento, para que possamos alimentar este Cristo dentro de nós para que ele cresça cada vez mais forte, iluminado, fortalecido pelas nossas orações e pela nossa consciência”