PUBLICIDADE
Brasil
NOTÍCIA

Primeiro caso suspeito de coronavírus na Paraíba é de homem que esteve na Itália e desembarcou no Recife

O homem, de 59 anos, veio da Itália - país europeu com maior índice da doença - e desembarcou no Aeroporto Internacional do Recife/Guararapes - Gilberto Freyre, na segunda, 24

14:31 | 26/02/2020

A Secretaria da Saúde do Estado da Paraíba (SES-PB) confirmou, nesta quarta-feira (26), o primeiro caso suspeito de coronavírus no Estado. De acordo com o órgão, o homem, de 59 anos, veio da Itália - país europeu com maior número de casos confirmados e mortes - e desembarcou no Aeroporto Internacional do Recife/Guararapes - Gilberto Freyre, na segunda, 24. Ainda não se sabe se ele veio no mesmo voo da paciente pernambucana que está sob suspeita do vírus.

A Secretaria de Saúde do Estado de Pernambuco (SES-PE) foi contactada pela reportagem para responder se houve triagem no terminal e se há notificação do paciente. Até o momento, apenas um caso de coronavírus foi confirmado no Brasil. 

Após confirmação de primeiro caso, diretor da OMS diz que Brasil tem 'grau de preparação bom' para lidar com coronavírus. Segundo o Portal T5, parceiro do Portal NE10, do Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (SJCC), o homem buscou atendimento médico por conta própria, acompanhado por familiares. Houve coleta para exame e atendimento assistencial, além de ter sido feita a notificação para o Ministério da Saúde, para definição do caso.

O paciente está internado em uma área isolada do Hospital Clementino Fraga, na Paraíba, uma das unidades de atendimento de casos suspeitos de coronavírus, e sendo tratado para Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), como determina o protocolo do Ministério da Saúde, enquanto aguarda confirmação ou descarte do caso.

De acordo com o secretário de saúde da Paraíba, Geraldo Medeiros, o paciente apresenta quadro de pneumonia e alterações no exame de sangue. Medeiros disse ainda que o material para diagnóstico foi recolhido nessa terça-feira (25) e enviado para o Laboratório Central (Lacen). "Em até 72 horas teremos uma definição melhor se o caso é sobre uma gripe comum ou o coronavírus", disse durante entrevista à TV Tambaú.

As pessoas que tiveram contato com o homem serão monitoradas e o material será recolhido para diagnóstico caso essas pessoas apresentem qualquer sintoma respiratório. Profissionais de saúde do Recife recebem capacitação preventiva ao coronavírus.

 

Caso confirmado no Brasil

Após suspeitas, o primeiro caso de coronavírus no Brasil foi confirmado pelo Ministério da Saúde na tarde desta quarta-feira, 26. O brasileiro de 61 anos esteve em viagem a trabalho na Itália entre os dias 9 ao dia 21 de fevereiro, e voltou ao País na última sexta-feira, 21, com sintomas gripais como febre, coriza e tosse.

 

Do Jornal do Commercio para a Rede Nordeste