PUBLICIDADE
Brasil
NOTÍCIA

Transexual morre esfaqueada em São Paulo; há suspeita de latrocínio

Testemunhos apontam que a vítima estava fazendo programas na região quando foi abordada por um homem que tentou roubá-la

Lucas Braga
13:40 | 13/02/2020

Uma mulher transexual de 22 anos foi morta a facadas no Parque do Carmo, Zona Leste de São Paulo, nesta quarta-feira, 12. O corpo foi encontrado por uma colega, às 5h40min. 

Informações da Polícia Civil ao portal G1 dão conta de testemunhos oculares, indicando que a vítima estava fazendo programas na região quando foi abordada por um homem, que saiu de um veículo vermelho, tentou roubá-la e a esfaqueou. Para a Polícia, a natureza do crime, a priori, foi homicídio simples, todavia.

Ao O POVO, a Secretaria da Segurança Pública de São Paulo não confirmou a identidade da vítima. "Policiais militares foram acionados para atender a ocorrência e no local encontraram a vítima sendo atendida por uma equipe do Samu, que constatou o óbito. A vítima apresentava ferimentos provocados por arma branca. Segundo os policiais, ela não portava documentos", detalha a nota.

O caso foi levado para o 53º Distrito Policial (Parque do Carmo), mas o assassinato será investigado pelo Departamento Estadual de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). O Departamento realizou perícia no local e instaurou inquérito para a devida apuração dos fatos.