PUBLICIDADE
Brasil
NOTÍCIA

Relembre a carreira do apresentador

Conhecido por animar os domingos do SBT, o apresentador iniciou a carreira aos 14 anos

21:41 | 22/11/2019
Relembre a carreira do apresentador Gugu Liberato, morto após acidente doméstico.
Relembre a carreira do apresentador Gugu Liberato, morto após acidente doméstico. (Foto: Reprodução/SBT)

O apresentador Gugu Liberato morreu, aos 60 anos, após sofrer um acidente doméstico em sua casa na cidade de Orlando, nos Estados Unidos.

Conhecido por animar os domingos do SBT, o apresentador iniciou a carreira aos 14 anos, após chamar atenção do dono da emissora, Silvio Santos, enviando cartas sugerindo programas. Lá, ele atuou, primeiramente, como assistente de produção do "Domingo no Parque.

Contudo, a carreira de apresentador só teve início nos anos 80, quando Silvio o convidou para comandar a versão carioca do "Sessão Premiada".

Domingo Legal

Após passagem por inúmeras atrações, Gugu ganhou seu programa fixo no SBT em 1993, o "Domingo Legal". Criado com o objetivo de bater de frente com o "Domingão do Faustão", da Globo, a atração foi uma das maiores audiências do SBT aos domingos.

Um de seus quadros mais famosos foi a "Banheira do Gugu", que colocava homens e mulheres vestindo apenas roupa de banho em uma banheira. No jogo, os participantes tinham como missão pegar o maior número de sabonetes.

Agenciador de Boybands

Além da carreira como apresentador, Gugu também ficou conhecido por lançar no mercado os grupos musicais masculinos mais famosos do país. Entre seus eles estão o Polegar e Dominó.

Escândalo do PCC

Em setembro de 2007, Gugu exibiu no "Domingo Legal" uma entrevista com dois supostos integrantes da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC). Na conversa, os homens, identificados como "Alfa" e "Beta" faziam ameaças ao vice-prefeito de São Paulo na época Hélio Bicudo, e a três apresentadores de programas policiais: José Luiz Datena, Marcelo Rezende e Oscar Roberto Godói.

No diga seguinte, a polícia local, Ministério Público, o vice-prefeito e os apresentadores vítimas da ameaça pediram que o caso fosse investigado. Pouco tempo depois, tanto Gugu quanto a produção de seu programa foram acusados de forjar a entrevista e foram processados pela Comissão de Ética Jornalística. Contudo, o processo foi arquivado e não houve condenação.

Ida para a Record

Após passar sua carreira inteira no SBT, Gugu resolveu deixar a emissora e assinar contrato com a Record, em 2009.

Na emissora, ele apresentou os programas "Programa do Gugu" e, depois, o "Gugu", que foi tirado do ar em 2017.

Desde 2018, Gugu estava à frente dos reality shows "Power Couple Brasil" e "Canta Comigo". A final do programa musical, inclusive, já foi gravada e deve ir ao ar em 4 de dezembro.