PUBLICIDADE
Brasil
Noticia

Uber anuncia pacote de ferramentas de segurança que inclui reconhecimento facial e gravação de áudio da viagem

Uma das ferramentas mais celebradas pela empresa é a Liveness Detection, que fará, em tempo real, o reconhecimento facial com escaneamento de documentos (incluindo RG, passaporte e cartão de crédito) e imagem do usuário e do motorista por meio de selfies

Rubens Rodrigues
11:41 | 06/11/2019
(Foto: Divulgação)

A Uber anuncia na manhã desta quarta-feira, 6, um pacote de ferramentas de segurança para motoristas e usuários da plataforma. Dentre as novidades, mais investimento no Tech Center de São Paulo, ferramenta de reconhecimento facial ao vivo e gravador de áudio de viagens. Evento na Arca, em São Paulo, reuniu profissionais da imprensa de toda América Latina. As ferramentas serão lançadas ao longo dos próximos meses.

A empresa tem 1,4 milhão de motoristas parceiros só na América Latina. São mais de 4 milhões no mundo e 5 bilhões de viagens recém completadas. Rio de Janeiro e São Paulo estão entre as cidades com mais viagens no mundo.

Uma das ferramentas mais celebradas pela empresa é a Liveness Detection, que fará, em tempo real, o reconhecimento facial com escaneamento de documentos (incluindo RG, passaporte e cartão de crédito) e imagem do usuário e do motorista por meio de selfies.

"Nosso objetivo é que as viagens sejam cada vez mais seguras, sem surpresas", afirma o diretor global de produtos de segurança da Uber, Sachin Kansal. "Mas a gente sabe que em relação a segurança o trabalho nunca está pronto".

Tech Center Brasil

Sempre defendendo que é uma empresa de tecnologia com a engenharia no cerne do negócio, a Uber destaca que tem investido em segurança cada vez mais ao redor do mundo. A principal justificativa para isso é a implantação de diversos Tech Centers. O de São Paulo é o primeiro ficado em soluções de segurança para todo o mundo, segundo o diretor do Tech Center da Uber do Brasil, Marcello Azambuja.

Ele anunciou o investimento de R$ 250 milhões para os próximos cinco anos, incluindo a contratação de um time específico para pensar em soluções para o Uber Eats. "São mais 40 pessoas. É a primeira equipe do mundo só para Uber Eats", conta. A ideia é ter cerca de 150 profissionais contratados Para o Tech Center nos próximos dois anos.

Novos recursos anunciados

Gravação de áudio

Motoristas parceiros e usuários passam a ter opção de gravar o áudio de uma viagem por meio de um botão na Central de Segurança do app, antes ou durante a viagem, em algumas regiões. Concluída a viagem, se desejarem informar algum problema, podem também encaminhar o arquivo de áudio para a Uber. O conteúdo, criptografado, fica armazenado no telefone de quem efetuar a gravação, mas só a Uber tem acesso - se o arquivo for compartilhado com a empresa. O arquivo enviado ao suporte em caso de necessidade pode ser utilizado em investigações ou compartilhado com as autoridades, nos termos da lei.

Doc Scan

Com o objetivo de prevenir que pessoas mal intencionadas usem o aplicativo, a Uber começa a implementar um projeto-piloto do Doc Scan no Chile. Por meio dele, usuários que não adicionarem meios de pagamento digitais no cadastro ou antes de realizar uma viagem serão solicitados a submeter um documento de identificação, que terá dados e autenticidade verificados. O recurso chega ao Brasil no primeiro trimestre de 2020.

Selfie com movimento

Além da selfie que os motoristas já fazem de tempos em tempos para ficar online, o recurso para verificação de identidade do motorista em tempo real passa a solicitar que alguns movimentos sejam realizados - como piscar, sorrir, virar o rosto. Isso trará mais uma camada de segurança e permitirá verificar que o motorista é aquele que se cadastrou no aplicativo. É uma ferramenta voltada à prevenção de fraudes e à proteção da integridade da conta dos motoristas parceiros.

Checagem de rota

Potencializando o poder do GPS e de outros sensores no smartphone, a Uber pode identificar e sinalizar eventos raros, como uma parada longa e não prevista na rota. Se uma parada não prevista for sinalizada, a Uber pode iniciar uma checagem e enviar uma mensagem para o motorista parceiro e o usuário perguntando se é necessário algum suporte, direcionando-o às ferramentas de segurança que podem ajudá-los a obter o apoio necessário. É um primeiro passo em oferecer proativamente suporte aos usuários e motoristas durante uma viagem.

Verifique sua viagem: senha, Ultrassom

Um avanço na ferramenta que recomenda ao usuário conferir as informações para ter certeza de que está entrando no carro certo. O usuário poderá optar por receber uma senha de quatro dígitos, que deve ser dita ao motorista para que ele consiga iniciar a viagem no aplicativo. Além disso, a Uber anunciou que está trabalhando com tecnologias avançadas que usam ultrassom para transmitir automaticamente a senha. No futuro, os números recebidos pelo usuário passarão automaticamente pelo aparelho do motorista, e o usuário vai receber uma confirmação no seu celular (como uma vibração).

Reporte durante a viagem

Permite ao usuário denunciar um problema ainda durante o trajeto da viagem, tal como direção imprudente. Depois da viagem encerrada, ele receberá contato do time de suporte para mais informações e encaminhamento da reclamação.

O repórter Rubens Rodrigues viajou a São Paulo a convite da Uber