Participamos do

Mesoterapia: resultado de transformação

01:30 | Mai. 07, 2018
Autor Gabrielle Zaranza
Foto do autor
Gabrielle Zaranza Estagiária de Agenda Cultural do Vida&Arte
Ver perfil do autor
Tipo Notícia
[FOTO1]

1 Um dos maiores destaque do Congresso Imcas 2018, um dos maiores eventos do mundo da estética, da cirurgia plástica e da dermatologia cosmética do mundo, que aconteceu no início deste ano, em Paris (França), foi a mesoterapia ou intradermoterapia. Uma técnica não cirúrgica, minimamente invasiva que consiste em aplicações de enzimas, vitaminas, oligoelementos e outras substâncias, nas regiões a ser tratadas, através de micro-injeções com agulha.


2 O cirurgião plástico Danilo Dias (CRM 7858 / RQE 3802), que participou do congresso em Paris, diz que a mesoterapia já vem sendo usada há algum tempo (a técnica foi criada na França, em 1952, pelo médico Michel Pistor), “mas eram usados produtos manipulados e os estudos ainda estavam começando”. Hoje o procedimento está no auge e uma das razões é que “a indústria farmacêutica está fabricando produtos muitos bons, de alta tecnologia para cada parte do rosto e do corpo”, explica Danilo Dias.

[FOTO2]

3 A mesoterapia é capaz de clarear manchas, rugas, diminuir flacidez, dá adeus à gordura localizada, estrias, celulite, reduzir medidas e fortalecer os cabelos. “Por exemplo: se a paciente tem rosto ressecado, pouco hidratado, com machinhas, precisa de volume, o médico dosa os medicamento para atender às necessidades da paciente”, explica Danilo Dias, que vai participar de talk show, no O POVO Noivas 2018, e receber os visitantes, em seu lounge no maior evento de casamento do Norte-Nordeste, entre os dias 15 a 17 de maio, no shopping Riomar Fortaleza.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

4 “O médico tem de conhecer todos os medicamentos, a função de cada um deles e só aí é capacitado para fazer o preparo das substancias. É como se fosso uma receita personalizada”. Normalmente, são necessárias de cinco a 10 aplicações, a cada 15 dias, no caso de tratamento facial e capilar. 

 

BATE-PRONTO


Jovens cearenses apresentam 13% mais cárie do que a média do Brasil , de acordo com dados do Ministério da Saúde. Dados alarmantes que fazem do atendimento do Centro de Odontologia do Secovimed uma ferramenta de prevenção importante, cumprindo sua função social. Quem dá mais detalhes, é a dentista do sindicato Daniele Dourado.


O POVO – O serviço do Centro de Odontologia do Secovimed é bem abrangente, atende desde os porteiros dos prédios aos donos das imobiliárias, muitos desses pacientes negligenciam a higiene bucal?


DANIELE DOURADO – A realidade dos nossos pacientes é bem diversa. Muitos não têm informação e não receberam educação em casa. Mudar a cabeça deles, de pessoas de 30 anos a 40 anos de idade, é muito difícil, mas tentamos explicar a importância de uma boa higiene bucal e visitas regulares ao dentista. E quando é necessário, ensinamos ao paciente usar fio dental e fazer uma correta escovação. São hábitos que não vão surgir do dia para a noite.


OP – O Centro de Odontologia do Secovimed dispõe de atendimento móvel para ir até os beneficiários do serviço?


DD - Temos um equipamento, com uma cadeira odontológica e um pequeno compressor que nos permite ir até o local de trabalho do beneficiário do Secovimed. Realizamos procedimentos menos complexos, como limpeza dos dentes, curativos, aplicação de flúor...

Exigimos apenas um espaço apropriado para a realização dos serviços.


OP – Como vocês fazem a triagem para o atendimento móvel?


DD – Primeiro, avaliamos a necessidade do condomínio ou da empresa e a frequência com os funcionários buscam o atendimento odontológico, na sede do Secovimed. É porque muitos não têm condições de vir aqui, estão vamos até eles. O agendamento é feito uma vez por mês. 

 

CULINÁRIA VEGANA


SORVETE DE PAÇOQUINHA COM AMENDOIM TORRADO


Dia das Mães diferente com uma receitinha vegan, do livro “50 Comidinhas Veganas”, da escritora Kátia Cardoso, da Editora Alaúde


INGREDIENTES


½ xícara de açúcar demerara


10 paçoquinhas (200 g)


2 xícaras de leite de coco


1 xícara de leite de amendoim


amendoim ligeiramente torrado a gosto

 

MODO DE FAZER


No liquidificador, bata o açúcar, a paçoquinha, o leite de coco e o leite de amendoim. Bata bem até ficar homogêneo. Transfira para um recipiente de inox com tampa e leve ao freezer por 4 horas. Passado esse tempo, bata novamente no liquidificador e leve ao freezer outra vez até firmar.


Retire da geladeira 5 minutos antes de servir. Sirva em cumbucas, decorado com o amendoim.

[FOTO3]

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente