PUBLICIDADE
Olimpíadas
NOTÍCIA

Massagista da equipe espanhola de ciclismo testa positivo, mas atletas poderão competir

A equipe realizou testas para Covid-19 e o resultado deu negativo permitindo que o grupo pudesse participar das competições na Olimpíada

13:07 | 23/07/2021
A equipe da Espanha de ciclismo vai continuar participando normalmente nas Olimpíadas após testarem negativo, como afirma comunicado da Federação de Ciclismo  (Foto: Reprodução/RFECiclismo )
A equipe da Espanha de ciclismo vai continuar participando normalmente nas Olimpíadas após testarem negativo, como afirma comunicado da Federação de Ciclismo (Foto: Reprodução/RFECiclismo )

Um massagista da equipe olímpica espanhola de ciclismo testou positivo para Covidd-19, na véspera da estreia masculina nos Jogos de Tóquio - informou o Comitê Olímpico Espanhol (COE) nesta sexta-feira, 23. O restante do grupo testou negativo, e os ciclistas poderão competir.

"Os integrantes da seleção passaram por um PCR, cujo resultado foi negativo, e eles poderão competir amanhã (sábado), aumentando as medidas de proteção à saúde", disse o COE em um comunicado. A nota especifica que a pessoa afetada pelo resultado positivo é "o massagista da equipe espanhola de ciclismo, Joseba Eleguezabal".

Os alertas surgiram pouco antes, depois de o presidente do Conselho Superior de Esportes (CSD), José Manuel Franco, ter declarado à rádio pública espanhola que "surgiu um problema de última hora com o ciclismo".

"Surgiu um resultado positivo de um massagista, e espero que não afete o restante da equipe", acrescentou Franco. O caso acontece na véspera do teste de estrada, em que Alejandro Valverde lidera a equipe espanhola de ciclismo.

A prova acontecerá em um percurso de 234 quilômetros entre o parque Musashinonomori e o autódromo Fuji International Speedway, com cinco passagens de montanha. A mais exigente delas é a subida ao icônico Monte Fuji, na metade da corrida.

O caso de Covidd-19 de Eleguezabal é o primeiro que ocorre na delegação espanhola. Nos últimos dias, surgiram vários casos em outras delegações, como as da República Checa e da África do Sul. Os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 começam nesta sexta-feira, enquanto as infecções continuam aumentando na capital japonesa.

 

gr/dr/ap/tt