PUBLICIDADE
Mais Esportes
NOTÍCIA

Furto em sede do Basquete Cearense gera prejuízo estimado em R$ 25 mil

Thalis Braga, presidente do Carcará, conversou Esportes O POVO e detalhou o que foi roubado

Victor Hugo Pinheiro
19:48 | 09/07/2020
Basquete Cearense está na mira do Fortaleza para uma proposta de fusão  (Foto: STEPHAN EILERT)
Basquete Cearense está na mira do Fortaleza para uma proposta de fusão (Foto: STEPHAN EILERT)

A sede do Basquete Cearense, localizada na avenida Dom Luís, foi furtada durante o período que esteve fechada devido as restrições de circulação por conta da pandemia do novo coronavírus. A informação foi divulgada pela coluna Olhar Olímpico, do Uol, e confirmada pelo Esportes O POVO. O presidente do Carcará, Thalis Braga, afirmou que o prejuízo é estimado em R$ 25 mil.

O furto foi descoberto nesta semana, quando um funcionário do Basquete Cearense chegou ao local e viu a janela do escritório quebrada. O presidente falou que foram roubados uniformes oficiais, computadores, monitores, uma televisão - utilizada para apresentações durante reuniões - e cafeteiras. 

Após o cancelamento da temporada 2019/2020 do NBB devido à pandemia do novo coronavírus, o Basquete Cearense já se planeja para a próximo edição da competição, que está prevista para começar em 14 de novembro deste ano. Depois de dois anos sendo comandado por Danyel Russo, o Carcará anunciou o retorno de Alberto Bial.

Fundado em 2012, a equipe de basquete fez sua melhor campanha no NBB nas 17/18 e 18/19, quando terminou na oitava colocação em ambas as competições. Além disso, pode fazer uma fusão com o Fortaleza. O Conselho Deliberativo do Tricolor do Pici aprovou o projeto. Entretanto, o projeto ainda está em fase inicial, precisando ter ser elaborado pela diretoria executiva do Leão.