Participamos do

Atletas de hóquei do Fortaleza são convocados para a Seleção Brasileira

Cearenses Gabriel Sidney, de 16 anos, e Humberto filho, 18 anos, foram convocados para treinamento visando a disputa do I Jogos Sul-Americanos dos Esportes Sobre Rodas, em San Juan, na Argentina
20:35 | Jan. 13, 2022
Autor O Povo
Foto do autor
O Povo Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

A equipe de hóquei do Fortaleza teve dois atletas selecionados para a Seleção Brasileira de Hóquei sobre patins tradicional. Esta será a primeira vez em que os atletas cearenses, Gabriel Sidney, 16 anos, e Humberto Filho, 18 anos, estão sendo convocados.

Visando a disputa do I Jogos Sul-Americanos dos Esportes Sobre Rodas, que ocorrerá nos dias 15 e 16 de janeiro, em San Juan, na Argentina, a Confederação Brasileira de Hóquei e Patinação (CBHP), através do Comitê Técnico do Hóquei sobre Patins Tradicional, convocou atletas para formação e treinamento.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

O atleta Gabriel se surpreendeu com a notícia e sua primeira reação foi avisar a sua família:

“Quando recebi (a notícia) não acreditei, estava deitado em casa quando meu técnico me ligou (Beto Vieira, técnico do Fortaleza Hóquei) e ele me disse que tinha uma notícia importante para mim, ele falou que eu havia sido convocado para a seleção brasileira e eu não acreditei no momento. Fiquei muito feliz, emocionado, cheguei a chorar, comuniquei minha família, mostrei o áudio para minha avó e estou assim até hoje. É uma oportunidade única e vou aproveitá-la até o fim”, disse o jovem.

Também surpreso, Humberto falou sobre o orgulho dos pais e a sua trajetória no esporte:

“Estou emocionado em estar jogando pela seleção, meus pais estão muito orgulhosos de mim porque eu me dediquei para chegar aonde eu cheguei hoje. Desde os 8 anos de idade eu pratico o hóquei, então a emoção se compara a primeira vez, já viajei para competir que é um privilégio mas nada comparado a ser convocado para defender sua seleção”, declarou Humberto.

Por Pedro Mairton, especial para O POVO

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags