Participamos do

Marcela Witt é campeã sul-americana de Wingfoil Race em etapa na Praia de Iracema

Superfoil Brasil 2021 termina com dois brasileiros em destaque na final continental. Europeus dominam a fase mundial e seguem para a última etapa, na Espanha
17:58 | Nov. 24, 2021
Autor O Povo
Foto do autor
O Povo Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Após o quinto dia de competições na Praia de Iracema, a brasileira Marcela Witt conquistou a primeira posição na modalidade Wingfoil Race da etapa sul-americana do Superfoil Brasil 2021. Ela foi a mais rápida velejadora nas quatro corridas, garantindo a vitória no evento sediado em Fortaleza, que terminou no domingo, 21.

Na etapa mundial, Marcela terminou em sétimo lugar. “Acabei não indo muito bem no mundial, mas consegui ser campeã sul-americana, estou muito feliz, é uma super conquista para mim. Vou me dedicar mais e ano que vem vou chegar mais forte”, comentou a brasileira.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

A Global Windsports Association (GWA) trouxe as etapas finais dos campeonatos sul-americano e mundial para o Ceará pelo segundo ano consecutivo. Outro brasileiro que também se destacou na competição foi Fernando Novaes, vice-campeão sul-americano.

Os europeus dominaram a etapa global do Superfoil Brasil 2021. No masculino, Titouan Galea, que já havia sido campeão no Wingfoil Freestyle, ganhou três das quatro corridas disputadas e garantiu o título da etapa brasileira para a Nova Caledônia. Com a conquista, ele assegurou o título mundial com uma etapa de antecedência.

No feminino, a francesa Olivia Piana superou as duas melhores do ranking mundial, Bowien Van Der Linden e Paula Novotna, e venceu a etapa brasileira de Wingfoil Race.

O Superfoil Brasil 2021 foi a penúltima etapa do circuito mundial de Wingfoil da GWA, que se encerra em dezembro, em Tarifa, na Espanha.

Entre dois mundos: atleta e artista

Marcela Witt também é conhecida por seus programas no Canal OFF, como o “Morando na Estrada”, no qual viaja o mundo com seu marido, Nelson Pinto. A atleta se dedica à criação de conteúdo para a televisão há muitos anos, paixão na qual investiu ainda mais após um acidente sofrido em 2010, no Campeonato Brasileiro de Wakeboard.

Com passagens pelo teatro e pelo circo, Marcela é formada em moda, mas conseguiu unir o esporte à sua arte. “Aos 14 anos, já praticava kitesurf e logo comecei a competir. Também me formei em moda e até cheguei a trabalhar no ramo, mas ficar num escritório o dia todo não era para mim”, disse a atleta ao portal O Globo.

Estreou no Multishow no programa “Batom e Parafina”, aos 16 anos, aparecendo em outras atrações do Canal OFF como “Submerso” e no surf trip “Sul por Elas”, no qual viaja pelas praias do sul brasileiro com seis amigas. Também teve um episódio dedicado à sua história na série “Contos da Mulher Aventureira”, série do OFF que ilustra as vidas de brasileiras no esporte.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags