PUBLICIDADE
Fortaleza Esporte Clube
NOTÍCIA

Yago Pikachu reclama de condição do gramado do Castelão após vitória do Fortaleza

"Sem condição de jogo", pontuou o atleta do Leão. Atletas do Ceará também se queixaram do estado do campo em entrevistas recentes

Iara Costa
18:38 | 30/06/2021
Yago Pikachu reclama de falta durante partida entre Fortaleza e Chapecoense no Castelão.  (Foto: Aurélio Alves/O POVO)
Yago Pikachu reclama de falta durante partida entre Fortaleza e Chapecoense no Castelão. (Foto: Aurélio Alves/O POVO)

Antes de a bola rolar para Fortaleza e Chapecoense na tarde desta quarta-feira, 30, os jogadores das equipes foram vetados de fazer o trabalho de aquecimento dentro do campo do Castelão. A atitude de preservação do gramado pouco adiantou na melhora do mesmo e, na saída de campo após a vitória de virada do Leão por 3 a 2, o atacante Yago Pikachu reclamou da condição da cancha.

"Queria fazer uma colocação para quem cuida do gramado do Castelão. Realmente, está sem condição de jogo. Vi que a equipe do Ceará já se manifestou e acredito que é a nossa vez de se manifestar. Não ta tendo condições de jogo. Quem acompanha está vendo que ta muito difícil de rolar a bola. Que olhe com carinho para poder nos ajudar. Agora é descansar. Temos uma viagem em cima para o jogo de sábado", pontuou.

Pikachu não foi o primeiro a se manifestar sobre o assunto no dia de hoje. Durante o trabalho de aquecimento, a equipe da Chapecoense publicou um vídeo nas redes sociais mostrando a "situação adversa do gramado". 

Em relação ao jogo, Pikachu comemorou o fato de o time ter iniciado bem a partida após o resultado de empate diante do Grêmio. "A gente vem fazendo um bom trabalho, apesar desses dois últimos jogos fora de casa a gente ter deixado a desejar, principalmente contra o Grêmio, onde a gente saiu de campo com a sensação que poderia ter conquistado os três pontos. Eu, particularmente, saí muito triste pelos três pontos perdidos. Hoje, graças a Deus, consegui dar assistência ao Robson, fazer o gol e, independente de tudo isso, o importante é que o grupo sempre saia vencedor. Diante de um adversário difícil, saindo atrás do resultado, a gente conseguiu uma virada que nos dá uma tranquilidade e uma motivação a mais pra fazer um jogo difícil fora de casa contra um adversário que está na parte de cima da tabela", falou. 

Com o resultado, o Leão chega a 15 pontos e se mantém no G-4. O próximo compromisso da equipe do Pici será diante do Athletico-PR, sábado, 3, às 19 horas, na Arena da Baixada, em Curitiba, pela nona rodada do Brasileirão.