PUBLICIDADE
Fortaleza Esporte Clube
Noticia

Após técnico, presidente do Fortaleza testa positivo para Covid-19

Pela segunda vez no decorrer do Campeonato Brasileiro, Marcelo Paz é contaminado pelo novo coronavírus. Dirigente não viaja para Belo Horizonte junto à delegação

17:10 | 29/01/2021
FORTALEZA, CE, BRASIL, 09.01.2021: Marcelo Paz. Fortaleza x Gremio, pelo campeonato Brasileiro, na Arena Castelão. Em época de COVID-19. (Foto: Aurelio Alves/O POVO). (Foto: Aurelio Alves)
FORTALEZA, CE, BRASIL, 09.01.2021: Marcelo Paz. Fortaleza x Gremio, pelo campeonato Brasileiro, na Arena Castelão. Em época de COVID-19. (Foto: Aurelio Alves/O POVO). (Foto: Aurelio Alves)

Iniciada com o diagnóstico de contaminação do técnico Enderson Moreira, a semana do Fortaleza se encerra com outro caso de Covid-19: pela segunda vez no decorrer da Série A, o presidente Marcelo Paz testou positivo e iniciou período de isolamento.

O dirigente já havia sido contaminado pelo novo coronavírus em agosto, após a vitória por 3 a 1 sobre o Goiás, em Goiânia. Desta vez, apresentou sintomas e teve diagnóstico confirmado depois de novo jogo no Centro-Oeste: a derrota por 2 a 0 para o Atlético-GO, no último domingo, 24.

O mandatário do Tricolor já está em quarentena e não seguiu com a delegação para Belo Horizonte, onde a equipe enfrentará o Atlético-MG, no próximo domingo, 31, às 17 horas, no estádio Mineirão, pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O 1º vice-presidente Marcello Desidério chefia o grupo na capital mineira ao lado do diretor de futebol Daniel de Paula Pessoa. Em campo, a equipe será comandada pelo auxiliar fixo Leonardo Porto de forma interina.

O Leão do Pici acumula casos de Covid-19 em 2021. Logo na primeira testagem do ano, dez jogadores tiveram diagnóstico positivo - além de funcionários. Na sequência, mais dois atletas. Por último, o treinador Enderson Moreira, o auxiliar Luís Fernando Flores e o preparador físico Edy Carlos Soares.