PUBLICIDADE
Fortaleza Esporte Clube
NOTÍCIA

Fortaleza tentará pôr fim à seca de gols diante da melhor defesa da Série A

Tricolor está há três partidas sem balançar a rede adversária e vai encontrar no Grêmio uma defesa sólida, porém desfalcada

Brenno Rebouças
20:11 | 08/01/2021
Artilheiro do Fortaleza, Wellington Paulista não marca um gol desde a 22ª rodada  (Foto: Leonardo Moreira/Fortaleza EC)
Artilheiro do Fortaleza, Wellington Paulista não marca um gol desde a 22ª rodada (Foto: Leonardo Moreira/Fortaleza EC)

Não é só de vitórias o jejum que vive o Fortaleza. O ataque do Leão não marca gols há três partidas. No último duelo, contra o Sport-PE, no Recife, além de passar em branco novamente, fez apenas uma finalização certa.

Contra o Grêmio, neste sábado, 9, o tricolor gaúcho tem mais uma chance de voltar a balançar a rede adversária, até mesmo para tentar fazer as pazes com a vitória, mas terá pela frente uma defesa sólida. O tricolor gaúcho é o time menos vazado da Série A do Brasileiro, tendo sofrido apenas 23 tentos em 27 jogos.

Fortaleza com desfalques: confira quem pode jogar contra o Grêmio

Enquanto isso, o Leão tem o segundo pior ataque da Série A, com apenas 24 gols marcados (empatado com o Sport). Fica à frente apenas do Coritiba, que só fez 22.

Se serve de consolo, a zaga titular do Grêmio não estará no Castelão. O argentino Kannemann será poupado, enquanto Pedro Geromel se recupera de lesão. Ambos não embarcaram com a delegação do Imortal para Fortaleza. Em compensação, Renato Gaúcho conta com a volta de David Braz.

Sem David e Bergson, que cumprem protocolo de recuperação da Covid-19, o técnico Enderson Moreira, que pode estrear pelo Leão, conta com o trio ofensivo que começou o duelo contra o Sport, formado por Romarinho, Wellington Paulista e Osvaldo e tem no banco ainda Yuri César, Ederson e o jovem Torres.

O artilheiro do Fortaleza na atual temporada é Wellington Paulista, com 12 gols. Ele também é o maior goleador do time na Série A, com seis tentos, mas não marca desde a partida contra o Goiás, há seis rodadas. O último gol marcado pelo Tricolor teve autoria de Juninho - que também se recupera da Covid-19 -, de pênalti, contra o Red Bull Bragantino.