PUBLICIDADE
Fortaleza Esporte Clube
NOTÍCIA

Independiente terá escolta da Polícia Militar em todos os deslocamentos em Fortaleza

A garantia de segurança durante a estadia na Capital é uma das principais preocupações do clube argentino devido ao motim de policiais militares registrado no Ceará

Lucas Mota
17:41 | 24/02/2020
Independiente venceu o Fortaleza por 1 a 0 no jogo da ida, em Buenos Aires
Independiente venceu o Fortaleza por 1 a 0 no jogo da ida, em Buenos Aires (Foto: JUAN MABROMATA / AFP)

O Independiente, maior campeão da Libertadores, receberá escolta da Polícia Militar em todos os deslocamentos da delegação em Fortaleza, desde a chegada nesta terça-feira, 25, até a saída após o duelo contra o Tricolor do Pici, na quinta-feira, 27. A garantia de segurança durante a estadia na Capital é uma das principais preocupações do clube argentino devido ao motim de policiais militares registrado no Ceará.

+ Independiente treinará em CT do Ceará antes de enfrentar o Fortaleza

A escolta policial para a equipe visitante em competições da Conmbebol é algo previsto em regulamento da entidade e de responsabilidade do mandante, no caso, o Fortaleza. Entretanto, a paralisação de PMs no Estado virou motivo de preocupação para os argentinos.

+ "Temos totais condições de fazermos grande jogo", afirma Tinga sobre duelo com o Independiente

O chefe de segurança do Independiente, Gustavo Palopolli, chegou a entrar em contato com a Conmebol, o Fortaleza e o Batalhão de Policiamento de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio) por garantias à integridade da delegação do time de Avellaneda.

O Esportes O POVO apurou que o Fortaleza recebeu garantias do Governo, por via do secretário de Segurança do Estado, André Costa, quanto a operação da Polícia Militar para a partida válida pela Sul-Americana. O efetivo da PM para o jogo deve ser divulgado apenas na quarta-feira, 26, quando ocorrerá reunião pela manhã no Castelão com representantes do clube cearense, do Independiente e da Conmebol.

Além de membros da PM, são esperados representantes da Autarquia Municipal de Trânsito (AMC). O encontro faz parte do protocolo de eventos da Conmebol e previsto com antecedência. Na reunião, são repassadas informações sobre a operação do jogo, público estimado e horários a cumprir.

Uma nova reunião será realizada no dia do jogo, na manhã de quinta, com a presença do delegado geral da partida e os representantes dos seguintes setores: segurança, arbitragem, controle anti-dopagem e imprensa.

Na partida da ida, o Fortaleza, como clube visitante, teve escolta da Polícia de Buenos Aires em todos os deslocamentos da delegação. A operação de logística foi organizada por meio do Independiente, o mandante na ocasião.

O Fortaleza perdeu por 1 a 0 para o Independiente no primeiro encontro. Para o duelo da volta, o Tricolor do Pici precisa vencer por dois gols de diferença para se classificar. Triunfo por 1 a 0 do Leão leva partida para os pênaltis.

Logística em Fortaleza

A logística do clube argentino prevê chegada na Capital cearense na noite de terça-feira, 25, treino no centro de treinamento do Ceará, no Porangabuçu, na quarta, e o jogo contra o Tricolor do Pici pela Sul-Americana, no Castelão, na quinta. Logo após a partida, a equipe já irá direto para o Aeroporto Internacional Pinto Martins.

Momento do Independiente

A equipe argentina vive crise com resultados negativos e encara duelo contra o Fortaleza como fundamental para respirar na temporada. A eliminação na Sul-Americana para o Tricolor pode custar o cargo do técnico Lucas Pusineri, anunciado em dezembro no "Diabo de Avellaneda". Em sete jogos, são apenas duas vitórias, entre elas diante do Leão na partida de ida na Sula.

A campanha com o novo treinador é completada com três derrotas e dois empates. Pesam contra o técnico os resultados nos clássicos contra o River Plate, Boca Juniors e Racing. O Independiente não venceu nenhuma destas pelejas, acumulando um empate e duas derrotas.

O revés mais doloroso foi contra o maior rival, o Racing. O Independiente foi derrotado por 1 a 0 com dois jogadores a mais. O time de Avellaneda chega para encarar o Fortaleza vindo de resultado negativo contra o Gimnasia, 20º colocado no Campeonato Argentino. O adversário do Tricolor ocupa a 15ª posição no torneio local com 26 pontos conquistados em 21 jogos.

OUÇA O NOVO EPISÓDIO DO FUTCAST:

Listen to "#89 - CEARÁ E FORTALEZA: QUAIS PONTOS POSITIVOS E NEGATIVOS DESTE COMEÇO DE TEMPORADA?" on Spreaker.