PUBLICIDADE
Fortaleza Esporte Clube
NOTÍCIA

Náutico quer repatriar ídolo Kieza e tem conversas avançadas com Fortaleza e jogador

Contratado em abril deste ano, atacante possui contrato com o Fortaleza até abril de 2020. Em 2019, ele fez um gol em 24 jogos

18:27 | 15/12/2019
Kieza chegou ao Fortaleza em abril deste ano e marcou um gol pelo Tricolor, em 2019
Kieza chegou ao Fortaleza em abril deste ano e marcou um gol pelo Tricolor, em 2019 (Foto: JÚLIO CAESAR)

De volta à Série B após dois anos na Terceirona, o Náutico busca repatriar o centroavante Kieza, que tem status de ídolo no clube pernambucano e seria a principal contratação para a temporada 2020. Entretanto, o atacante possui contrato com o Fortaleza até abril do próximo ano.

+ Rogério Ceni: saiba os fatores que convenceram o treinador a permanecer no Fortaleza em 2020

O vice-presidente e executivo de Futebol do Timbu, Diógenes Braga, confirmou ao Esportes O POVO o interesse do Náutico em Kieza e admitiu que tem conversado com o Fortaleza e o jogador. O dirigente explicou que o clube pernambucano tem ótimo relacionamento com o Tricolor do Pici e o acerto só irá acontecer se houver acordo entre todas as partes.

+ Acerto de Rogério Ceni com Fortaleza surpreendeu imprensa paranaense

"O Náutico tem uma política financeira. O clube mudou a política salarial. A gente só faz o que pode. Mas dentro das possibilidades do clube, temos o interesse no Kieza e conversado com clube (Fortaleza) e o atleta. Se for possível, o Náutico gostar de repatriá-lo", afirmou Diógenes.

De acordo com o site Superesportes, de Pernambuco, o jogador e o Náutico já chegaram a um entendimento quanto à parte financeira. Kieza estaria disposto até a baixar pedida salarial. A reportagem explica ainda que a ideia dos diretores do Timbu é que o Fortaleza ajude a pagar parte dos vencimentos do centroavante até abril. Depois disso, o alvirrubro assumiria 100% dos vencimentos.

O atacante chegou ao Fortaleza em abril deste ano, vindo do Botafogo. Com a camisa do Tricolor do Pici, o jogador não teve desempenho de destaque, apesar de ter crescido de produção na reta final da Série A. Foram 24 jogos pelo Leão e um gol marcado.

No Náutico, Kieza acumula duas passagens entre 2011 e 2013, vivendo sua fase mais goleadora e ganhando condição de ídolo. O centroavante comandou o Timbu na campanha de acesso para a Série A em 2011, quando o clube terminou a Segundona como vice-campeão e o jogador como artilheiro da competição com 27 gols. Ao todo, o atacante fez 70 partidas e balançou as redes 43 vezes.

OUÇA O NOVO EPISÓDIO DO FUTCAST:

Listen to "#82 - Balanço da temporada de 2019 de Ceará e Fortaleza" on Spreaker.

ASSISTA AO NOVO VÍDEO DO NA PRANCHETA: