PUBLICIDADE
Fortaleza Esporte Clube
NOTÍCIA

"Se for necessário quebrar uma perna por esse clube, vou quebrar", afirma Osvaldo, atacante do Fortaleza

O atacante foi homenageado nesta sexta-feira, 14, pelos 100 jogos com a camisa do Tricolor e revelou que, devido ao jogo contra o Fluminense, assistiu ao nascimento da filha por chamada de vídeo.

21:30 | 13/09/2019
O atacante completou 100 jogos com a camisa do Fortaleza foi homenageado.
O atacante completou 100 jogos com a camisa do Fortaleza foi homenageado.(Foto: FortalezaEC/Divulgação)

Jogo 100 vestindo a camisa tricolor, dia do nascimento da filha Luísa, só faltou uma vitória diante do Fluminense para coroar um belo sábado para o atacante Osvaldo. Revelado nas categorias de base do Fortaleza,  Osvaldo recebeu, nesta sexta-feira, 13, placa de homenagem pela marca atingida de jogos. Ele revelou que assistiu por chamada de vídeo o nascimento da filha, no último sábado, 7, porque estava na concentração para o jogo.

Em coletiva, o atacante falou do carinho e do comprometimento pelo time que o revelou e com quem conquistou quatro títulos. "Quero agradecer por essa grande homenagem. Pra uma prata da casa, chegar a 100 jogos, 20 gols, quatro títulos é uma honra muito grande. Sempre vou defender o clube com muito carinho. Muitos questionaram, no ano passado, se eu vinha jogar somente três meses, se ia me entregar de corpo e alma. Se for necessário, como falei, quebrar uma perna por esse clube, vou quebrar. Espero poder ter mais 100 jogos. Espero continuar dando muitas alegrias", comentou.

O planejado - que não aconteceu contra o Tricolor das Laranjeiras e que foi adiado para agora - é marcar um gol em homenagem a filha no jogo contra o Bahia. "Quem sabe a gente possa vencer o Bahia e eu possa comemorar esses 101 jogos vestindo a camisa do Fortaleza?", projeta. 

Sobre o jogo deste domingo, 15, às 16 horas, na Arena Fonte Nova, Osvaldo apontou que o time "precisa acreditar" que pode vencer. "Acreditar assim como a gente acreditou no segundo tempo contra o Santos (3 a 3), assim como a gente acreditou na vitoria fora de casa contra a Chapecoense (3 a 1). A gente não pode deixar só os caras jogarem. A gente tem de impor também nossa qualidade diante do torcedor, que a gente sabe que é difícil jogar na Fonte Nova", disse.

O atacante ainda observou que, com a posse de bola, o Fortaleza precisa fazer o que "vem fazendo". "Procurar ser agressivo e sair com uma vitória ou um empate, que eu acho que também vai ser importante no decorrer da competição", acredita.

Em 100 jogos, Osvaldo tem 20 gols e quatro títulos (Campeão Cearense 2007, 2008 e 2019 e da Copa do Nordeste 2019).