PUBLICIDADE
Fortaleza Esporte Clube
NOTÍCIA

Tinga deixa gramado transtornado e reclama do desperdício de gols do Fortaleza

"Tem que matar a 'p*rra' do jogo", disse o lateral direito, quando saía do gramado.

20:46 | 07/09/2019
Fortaleza recebeu o Fluminense na Arena Castelão, pela 18ª rodada do Brasileirão
Fortaleza recebeu o Fluminense na Arena Castelão, pela 18ª rodada do Brasileirão(Foto: Leonardo Moreira /FortalezaEC)

"Tem que matar a 'p*rra' do jogo", declarou um exasperado Tinga. Na saída de campo, com semblante transtornado, o lateral direito criticou o desperdício de oportunidades do time. Com muitas oportunidades perdidas ao longo da partida e um gol sofrido já nos minutos finais, o Fortaleza perdeu para o Fluminense, por 1 a 0, neste sábado, 7, na Arena Castelão. A derrota valeu uma posição, na tabela - com 21 pontos, Fortaleza é o 13ª colocado.

Aos 44 minutos, já atrás do placar, em bola levantada para a área, Tinga escorou de cabeça e Gabriel Dias dividiu com o goleiro, pelo alto. Na sobra, Edinho chutou de primeira, mas para fora. Essa foi a última oportunidade do Fortaleza em campo. Mas o time construiu ao longo da partida, principalmente no primeiro tempo, e poderia ter saído do Castelão com um resultado positivo.

Foram 18 finalizações, sendo oito no gol, seis delas foram chances claras de gol. Apesar de ter tido mais posse de bola (54% a 46%), o Fluminense criou menos: 10 finalizações, quatro no gol, e três chances claras. Os dados são do SofaScore.

Valeu a máxima de quem não faz leva, e João Pedro, aos 40 minutos, matou para o Tricolor das Laranjeiras. Ao fim da partida, Zé Ricardo afirmou que faltou competência ao time para arrematar as jogadas.