PUBLICIDADE
Fortaleza Esporte Clube
NOTÍCIA

Em primeiro jogo sem Ceni, Fortaleza bate o CSA fora de casa e quebra jejum de 18 anos

Leão venceu o Azulão por 2 a 0 no estádio Rei Pelé, na noite desta segunda-feira, 12, no encerramento da 14ª rodada da Série A

21:57 | 12/08/2019
Edinho marcou um dos gols da vitória do Fortaleza
Edinho marcou um dos gols da vitória do Fortaleza(Foto: Thalita Chargel / Agência Estado)

No primeiro teste sem o comando de Rogério Ceni, o Fortaleza deu uma resposta positiva e voltou a vencer na Série A após três jogos. Com gols de Bruno Melo e Edinho, o Leão bateu o CSA por 2 a 0 no estádio Rei Pelé, em Maceió-AL, e quebrou um jejum de 18 anos sem conquistar um triunfo diante dos alagoanos.

+ Marcelo Paz se diz seguro por pagamento de multa e confia "200% na palavra de Rogério Ceni

A vitória construída no primeiro tempo, além de parar a sequência negativa, proporciona o salto de duas posições na tabela do Brasileirão. Somando três pontos fora de casa, os cearenses chegaram a 17 pontos e assumiram a 12ª colocação, no encerramento da 14ª rodada.

O triunfo tranquiliza o ambiente no Pici após a derrota no Clássico-Rei, em meio à expectativa pela chegada do novo treinador, Zé Ricardo, que desembarca na tarde de hoje em Fortaleza. O técnico, com passagens pelo Flamengo, Vasco e Botafogo, será apresentado à imprensa nesta quarta-feira, 14.

Sem tempo hábil para contratar e regularizar o novo treinador para levá-lo ao jogo contra o CSA, o Fortaleza foi comandado interinamente pelo treinador do sub-20, Marcone Montenegro, que acabou desfalcando a equipe da base na derrota por 1 a 0 para o Ceará, no primeiro jogo da final do Campeonato Cearense.

Com Marcone, o Leão entrou em campo com duas novidades no time titular: o lateral-esquerdo Bruno Melo e o meia Mariano Vazquez. Em menos de cinco minutos com a bola rolando, o time do Pici abriu o placar diante da frágil defesa alagoana.

Titular no lugar de Carlinhos, que cumpriu suspensão pelo terceiro cartão amarelo, Bruno Melo aproveitou a oportunidade e marcou de cabeça após cruzamento de Juninho, líder de assistências no elenco tricolor, com três.

Com a vantagem no placar, o Leão recuou as linhas de marcação, deixando o CSA se lançar ao campo ofensivo para contra-atacar. Neste cenário, o Azulão protagonizou a maioria dos lances de ataque no primeiro tempo. Entretanto, os alagoanos não conseguiram ser efetivos com as chances criadas.

Ao mesmo tempo, o Fortaleza pouco explorava os contragolpes. Quando parecia que o clube do Pici ia para os vestiários com a vantagem simples, a zaga do CSA cometeu uma falha grotesca. Carlinhos furou ao tentar afastar lançamento, e a bola sobrou para Edinho que ampliou o placar, fazendo valer a "lei do ex".

Na etapa final, o Fortaleza seguiu com a proposta de contra-ataque, mas com pouco mais de iniciativa. Enquanto isso, os donos da casa diminuíram o ritmo. Nos 45 minutos restantes, as duas equipes fizeram uma partida morna, como se estivessem satisfeitos com o resultado. Melhor para o Leão que somou três pontos. O Azulão continua afundado na penúltima colocação.

No triunfo tricolor, Bruno Melo, Romarinho e Juninho foram os destaques. Os dois últimos são os jogadores mais regulares da equipe e têm contribuído diretamente nas principais jogadas ofensivas. Após 77 minutos em campo, o argentino Mariano Vazquez fez uma partida discreta, mas mostrou potencial para ajudar o clube na sequência da Série A.

Ficha técnica

CSA 0 X 2 Fortaleza

CSA

Jordi; Apodi (Dawhan), Alan Costa, L. Castán e Carlinhos; J. Kléber, João Vitor, Jonatan Gómez e Didira (Euller); Bueno (Hector) e Alecssandro. Téc: Argel Fucks

Fortaleza

4-2-3-1

Felipe Alves; Gabriel, Quintero, R. Carvalho e Bruno Melo; Juninho e Felipe; Edinho (Osvaldo), Vazquez (Marlon) e Romarinho (André Luis); Wellington Paulista. Téc: Marcone Montenegro

Local: Estádio Rei Pelé

Data: 12/8/2019

Horário: 20 horas

Árbitro: Gilberto Rodrigues Castro Júnior (PE)

Assistentes: Cleriston Clay Barreto Rios (SE) e Clovis Amaral da SIlva (PE)

Cartões amarelos: Didira, João Vitor e Alan Costa (CSA); Gabriel Dias (FOR)

OUÇA O NOVO EPISÓDIO DO FUTCAST:

Listen to "#67 - Ceará e Fortaleza: adversários que faltam para fechar o 1º turno na média de pontos para permanência na Série A" on Spreaker.

Lucas Mota