Participamos do

Floresta perde para Manaus e sofre segunda derrota seguida na Série C

Time amazonense abriu o placar aos 30 do segundo tempo, de pênalti, com Ibiapino, e ultrapassou o Lobo da Vila na tabela, que agora ocupa a quinta colocação

O Floresta foi derrotado pelo Manaus-AM, nesse sábado, 14, por 1 a 0, no Estádio João Ronaldo, em Pacajus. O Lobo da Vila fez um jogo ruim, viu o adversário ser mais perigoso e chegou à sua segunda derrota seguida no Campeonato Brasileiro Série C.

Com o revés, o Verdão foi ultrapassado pelo próprio Manaus e caiu para a quinta colocação do certame nacional, podendo ainda perder mais posições com o complemento da rodada.

O Floresta volta a campo pela Série C no domingo, 22, quando visita a Aparecidense-GO, às 18 horas, no Estádio Aníbal Batista de Toledo, em Aparecida de Goiânia (GO).

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

O jogo

Para a partida, o técnico Ricardo Drubscky fez duas mudanças no sistema defensivo em relação ao jogo diante do Ypiranga. Yago Rocha e Maylson entraram como titulares nos lugares de Wesley e Marcelo. No ataque, Luan substituiu Flávio Torres como homem de referência.

Mas foi o Manaus que começou buscando o gol e levando perigo para a meta do time cearense, obrigando o goleiro Marcão a fazer duas excelentes defesas logo nos primeiros seis minutos, e tendo outras duas boas chances em chutes de fora da área.

Só a partir dos 20 minutos que o Lobo da Vila conseguiu controlar mais as investidas da equipe amazonense, mas ainda com pouca criatividade nas infiltrações, e com dificuldade de trocar passes, muito também por conta da irregularidade do gramado do Ronaldão.

A melhor chance do Verdão na primeira etapa foi aos 30 minutos, quando Luan trombou pelo alto com o zagueiro adversário, conseguiu ganhar no corpo e saiu cara a cara com o goleiro, mas acabou chutando para fora.

Mas após esse lance, o jogo caiu de produção e ficou muito preso no meio campo. Enquanto o Floresta buscava ligações diretas para Luan e Klenisson, o Manaus tentava sair em velocidade, principalmente pelo lado esquerdo, mas ambas as defesas acabaram se sobressaindo contra os ataques.

Na segunda etapa, o Floresta voltou tentando controlar mais a bola e parou de ceder chances para a equipe visitante. Em contrapartida, faltava criatividade para passar pelo sistema defensivo adversário, e o jogo voltou a ficar bem truncado.

Quando parecia que não aconteceria muita coisa no jogo, o Manaus conseguiu uma chegada através de uma bola rebatida, aos 30 minutos. Denoni chutou e a bola bateu no braço aberto de Perema e o árbitro assinalou pênalti para a equipe visitante. Ibiapino foi para a cobrança, bateu colocado no canto contrário do goleiro e abriu o placar, no que foi a única finalização de todo o segundo tempo.

Com a desvantagem no placar, o Lobo da Vila intensificou a pressão, mas pecava novamente na falta de criatividade, e buscava achar um gol através de bolas alçadas na área. Até que aos 38, Luan reclamou com o árbitro por uma falta no meio campo e tomou cartão vermelho direto.

A partir daí, com um homem a menos, o Lobo não teve mais forças para buscar o empate e conheceu a sua segunda derrota seguida na competição.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar