PUBLICIDADE
Cearenses
NOTÍCIA

Após ter jogo da Copa do Brasil adiado, Ferroviário volta a Fortaleza na noite desta quinta-feira

A delegação do Tubarão estava em Goiânia quando recebeu o comunicado da CBF, que adiou o embate contra o Porto Velho-RO sem determinar data ou local

Gabriel Lopes
16:38 | 18/03/2021
A delegação do Ferroviário retorna na noite desta quinta-feira, 18, para Fortaleza, após ter jogo da Copa do Brasil adiado sem definição de data e local (Foto: Lenilson Santos/Ferroviário AC)
A delegação do Ferroviário retorna na noite desta quinta-feira, 18, para Fortaleza, após ter jogo da Copa do Brasil adiado sem definição de data e local (Foto: Lenilson Santos/Ferroviário AC)

Nesta quarta-feira, 17, a partida do Ferroviário contra o Porto Velho-GO, pela primeira fase da Copa do Brasil, que estava programada para esta quinta-feira, 18, às 15h30min, foi adiada pela CBF, sem definição de local, horário ou dia. A delegação do clube coral se encontrava em Goiânia quando a decisão da tomada. Assim, as 31 pessoas, entre jogadores, comissão técnica, funcionários e membros do corpo diretivos, vão retornar para Fortaleza na noite desta quinta-feira, com previsão de chegada à capital cearense às 23h40min.

A volta a Fortaleza foi antecipada, pois, originalmente, o Tubarão da Barra só chegaria em terras alencarinas às 11h40min desta sexta-feira, 19. Contudo, a delegação foi de ônibus na tarde desta quinta de Goiânia para Brasília, onde pegará voo noturno para o Ceará.

O presidente do clube coral, Newton Filho, lamentou o episódio e explicou como a questão dos custos de deslocamento foi resolvida junto à CBF.

"Lamentável todo esse desencontro de informações, com o Ferroviário tendo que descolar toda sua delegação para Goiânia, retornando agora para Fortaleza, sem a realização do jogo. Isso envolve prejuízo técnico, com três dias sem treinar, e prejuízo econômico também, já que a delegação do Ferroviário é composta por 31 pessoas. A CBF banca 23 passagens e o custo excedente é do clube. Esperamos bom senso para o ressarcimento desses custos. Mas fica o prejuízo técnico e essa ansiedade, por toda essa indefinição, sem sabermos a data e o local do jogo. Esperamos que isso seja definido, para que possamos fazer nossa programação e nos preparar para o jogo diante do Porto Velho", disse.

+ Covid-19 no futebol: quais estados do Brasil proibiram a prática do esporte?

A impossibilidade da realização do embate na capital goiana aconteceu por causa da proibição da prática do futebol profissional no estado de Goiás nos próximos 14 dias, de acordo com decreto governamental. Essa partida já havia sido deslocada para fora de Porto Velho pelo mesmo motivo. Ainda houve tentativas da CBF de realizar o compromisso em outros locais onde o futebol ainda está permitido, mas não obteve sucesso.