PUBLICIDADE
Cearenses
NOTÍCIA

Futebol feminino: em busca de consolidação no Brasileirão A-2, Ceará e Fortaleza vão a campo neste sábado

Leoas enfrentam São Francisco às 15 horas no estádio Raimundão. Alvinegras vão a Teresina jogar contra o Tiradentes-PI às 17 horas. Ambas as partidas serão transmitidas pela CBF TV na plataforma MyCujoo.

Iara Costa
18:17 | 23/10/2020
Ceará e Fortaleza iniciaram Brasileirão A-2 com goleada (Foto: Thais Pontes/ Fortaleza EC e Pedro Chaves/Cearasc.com)
Ceará e Fortaleza iniciaram Brasileirão A-2 com goleada (Foto: Thais Pontes/ Fortaleza EC e Pedro Chaves/Cearasc.com)

O futebol feminino volta a todo vapor para os times cearenses neste sábado, 24. Após golear o São Valério-TO por 8 a 0 em casa, o Fortaleza enfrenta às 15 horas, no estádio Raimundão, o São Francisco-BA pelo grupo B. Já o Ceará vai a Teresina jogar contra o Tiradentes-PI às 17 horas pelo grupo A. Ambas as equipes são líderes de seus respectivos chaveamentos e visam se consolidar no certame. 

O Alvinegro já havia disputado a primeira rodada do Brasileirão A-2 antes da pausa em circunstância da pandemia do novo coronavírus. Na ocasião, a equipe comandada por Sérgio Alves venceu o Oratório-AP por 5 a 0. Para a continuação da competição nacional, o time de Porangabuçu contratou a atacante Ana Maria e a lateral-esquerda Andreza. A primeira chega ao Ceará após passagens pelo Tiradentes-PI e pelo Bahia — onde sagrou-se campeã estadual em 2019. Já a lateral-direita chega ao Alvinegro após passagem pelo Lusaca-BA.

Para o duelo, o Tricolor do Pici terá quatro desfalques. São eles: a lateral esquerda Ruiva devido a uma síndrome do piriforme, a atacante Eduarda por torção no joelho direito, a atacante Milena por uma lesão menisco medial no joelho esquerdo e a zagueira Naytielly por ter sofrido um mal estar.

Apesar dos desfalques, o técnico Igor Cearense acredita que terá um grupo forte para o duelo contra o time baiano. “Tínhamos algumas atletas que não entraram ainda no BID e temos também algumas lesionadas, mas como sempre falo para a minha equipe: não tenho só um time, tenho um conjunto forte e aqui não existe titular absoluto. Todas se respeitam e o importante é ter um grupo fortalecido”, falou o treinador.