Participamos do

Dorival Jr. destaca importância da vitória do Ceará e projeta jogo difícil contra Palmeiras

Alvinegro enfrenta o Verdão, no sábado, 9, às 21 horas, no Allianz Parque, em São Paulo, pela estreia da Série A
13:53 | Abr. 06, 2022
Autor Juliete Costa
Foto do autor
Juliete Costa Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O Ceará derrotou o Independiente-ARG por 2 a 1, pela primeira rodada da Copa Sul-Americana. Em coletiva pós-jogo, o treinador Dorival Júnior falou sobre a necessidade do triunfo para o Vovô em razão das eliminações no Estadual e na Copa do Nordeste. O técnico ressaltou a recuperação rápida do time para virar o placar após sofrer um gol no primeiro tempo e comentou acerca da estreia no Brasileirão.

“A situação era bem complicada em razão dos acontecidos. Nós estávamos realmente sentido um pouco emocionalmente. É muito difícil a recuperação rápida. Você ser humano carrega uma carga ainda maior quando as coisas não aconteçam dentro do seu trabalho de maneira natural. Sentimos. Tínhamos um peso grande. Em compensação, tínhamos também a necessidade dessa vitória. Da forma como ela aconteceria não importava. Nós teríamos que lutar por essa vitória independente da maneira que jogássemos”, frisou.

A equipe alvinegra não conseguiu durante os 45 minutos iniciais, criar situações claras de gol. O time argentino, por sua vez, abriu o placar da partida aos 32 minutos com Togni, em contra-ataque e falha defensiva de Nino Paraíba.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

 

“Nós tivemos 65% de posse de bola sem sabermos aproveitar adequadamente essa posse. Não tivemos essa paciência de trabalhar entre as linhas adversárias. Pegamos naturalmente uma equipe que já se conhece há algum tempo, que já joga dessa maneira há algum tempo e que não alterou o comportamento para uma partida como essa. Nós, ao contrário, tivemos uma alteração comportamental com alguns posicionamentos”, complementou.

“É natural que essas dificuldades elas aconteçam, elas vão aparecer. E aquilo que falamos anteriormente nós teremos que pouco tempo para que corrijamos isso. Mas, temos que acelerar o processo e não podemos ficar lamentando. Acho que é na base da luta, da entrega e da compreensão do torcedor que nós vamos conseguir transpor todos esses eventuais problemas que venham a acontecer futuramente”, reforçou.

O Vovô enfrentará agora uma sequência pesada de partidas com a fase de grupos da Copa Sul-Americana e o início do Campeonato Brasileiro, além da terceira fase da Copa do Brasil. O próximo compromisso do Alvinegro será diante do Palmeiras, no sábado, 9, às 21 horas, no Allianz Parque, em São Paulo, pela estreia da Série A.

“Queira ou não, nossa sequência (de jogos) é complicada. Não podemos esconder do nosso torcedor. É um momento ainda difícil, ainda de recuperação e nós teremos que ter essa consciência. Jogaremos agora contra a equipe que acabou de ser campeã paulista, é campeã sul-americana (Libertadores) e teremos que ter muitos cuidados. Mas, teremos que acreditar dentro das nossas condições buscando o resultado”, destacou.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar